O Grêmio promete “volta olímpica” se vencer a Recopa Gaúcha contra o Avenida neste domingo

Engana-se quem pensa que o Grêmio vai entrar no gramado da Arena às 18h30min deste domingo desdenhando a possibilidade de obter a muitas vezes subestimada Recopa Gaúcha. Ao menos pelas declarações de jogadores, membros da comissão técnica e dirigentes, o discurso é de que “taça é taça”, com promessa de volta olímpica.

Não por acaso, na manhã deste sábado o Tricolor fechou os portões à imprensa para o último treino antes da partida, que tem como visitante o Esporte Clube Avenida, de Santa Cruz, pela sexta rodada do Gauchão. Além do descontraído tradicional “rachão recreativo” que antecede os duelos do Mosqueteiro, o técnico Renato Portaluppi orientou um trabalho de cobrança de faltas.

Dentre os batedores estava o atacante Luan, que concedeu entrevista coletiva na qual valorizou a chance de mais um título inédito, ainda que modesto: “Assim como o professor Renato já falou, é mais uma taça e isso é importante. Não importa o campeonato, o que importa é ser campeão. Vamos entrar para vencer.”

Embora a escalação não tenha sido antecipada pelo clube, tudo indica que o Grêmio tenha no apito inicial Paulo Victor, Léo Gomes, Geromel, Kannemann, Bruno Cortez, Maicon, Michel, Marinho ou Montoya, Luan, Everton e Jael. Vale lembrar que uma vitória contra o Avenida também consolidará a liderança tricolor no Regional.

O que significa

Mas afinal, o que é a Recopa Gaúcha? Trata-se de uma taça disputada em um único confronto, nas primeiras rodadas do Campeonato Gaúcho, e que reúne os vencedores do Gauchão e da Copa FGF do ano anterior. Desde a primeira edição, realizada em 2014, o troféu já ficou com o Inter (duas vezes), Pelotas, Lajeadense e São José.

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Em busca de superação no Campeonato Gaúcho, o Inter enfrenta o Juventude fora de casa
O Internacional enfrenta o Juventude em Caxias do Sul neste domingo pelo Campeonato Gaúcho
Deixe seu comentário

No Ar: Café Com Futebol