Jogando em casa, Inter perde para o Vasco pelo Campeonato Brasileiro

Foto: Ricardo Duarte / Inter

O Inter foi superado pelo Vasco por 2 a 1, nesse domingo (7), em partida da 15ª rodada do Brasileirão. Os gols cruz-maltinos, no Beira-Rio, foram marcados por Adson e Lyncon, enquanto Bustos descontou para os donos da casa. O Colorado volta a campo na próxima quarta (10) contra o Juventude para a disputa do jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

A partida marcou o retorno do Inter ao Beira-Rio. Após 70 dias, o Colorado teve o reencontro emocional com o estádio, que ficou fechado depois das enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul. O local passou por novo plantio do campo e uma limpeza intensa para recuperação dos estragos. O presidente Alessandro Barcellos apareceu emocionado após o vídeo sobre a reforma passar no telão. Foram mais de 33 mil presentes.

Os donos da casa foram melhor, mas decepcionaram na primeira parte do jogo. Mesmo com a posse de bola e ocupando bastante o campo de ataque, o Colorado teve dificuldades de criar chances reais de gol. Tentando muito o jogo por dentro, a equipe se arriscou pouco. A melhor oportunidade saiu dos pés de Alan Patrick.

O Vasco não foi bem no primeiro tempo. Mal com e sem a bola, a equipe praticamente não passou do meio de campo e viu o Inter ser mais perigoso. Faltou intensidade e repertório ao time carioca, que jogou bastante desfalcado.

No final da etapa inicial, o lateral-esquerdo Renê precisou sair de campo do duelo contra o Vasco após se chocar de cabeça com o zagueiro Rojas. Após escanteio a favor do Vasco, Renê e Rojas se chocaram forte de cabeça e caíram no gramado. O jogador colorado precisou deixar o jogo de ambulância. Ele apareceu sangrando e chegou a ficar desacordado. Renê foi encaminhado ao hospital.

Segunda etapa

O Inter seguiu melhor no segundo tempo, mas o Vasco aproveitou um erro para marcar. Robert Renan vacilou e Adson foi eficiente diante de um cenário que era desfavorável para os cariocas. Os gaúchos criavam mais, mas a falta de efetividade começava a atrapalhar para o lado emocional. O zagueiro, que já não estava com boa relação com a torcida pela cavadinha no gaúcho, começou a ser vaiado em todos os toques na bola.

Se o Vasco queria uma bola para tentar os três pontos, conseguiu duas. Lyncon marcou no terceiro jogo dele como profissional, se aproveitando de novo vacilo do Inter. A torcida começou a xingar Coudet, mas o confronto ficou aberto até os últimos momentos por conta do gol de Bustos. No fim, nada feito no retorno do Inter ao Beira-Rio mesmo com a pressão.

O resultado afastou o Vasco do Z4. A equipe chega a 17 pontos a abre cinco da zona em 13º. Já o Inter estaciona com 19 pontos em 10º lugar.

Ficha técnica

Inter: Fabrício; Bustos, Igor Gomes, Fernando e Renê (Robert Renan); Rômulo, Bruno Henrique (Wesley), Bruno Gomes (Gustavo Prado), Hyoran (Alario) e Alan Patrick; Lucca Drummond (Wanderson). Técnico: Eduardo Coudet

Vasco: Léo Jardim; Paulo Henrique, Robert Rojas (Lyncon), Léo e Leandrinho; Sforza, Mateus Carvalho (Zé Gabriel) e JP (Praxedes), Adson (Rayan), Rossi (Erick Marcus) e Vegetti (Victor Luis). Técnico: Rafael Paiva

Arbitragem: Gustavo Ervino Bauermann (SC), com assistência de Thiaggo Americano Labes (SC) e Gizeli Casaril (SC). VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (Fifa/MG).

Voltar Todas de Internacional

Compartilhe esta notícia:

Internacional empata com Fluminense e Coudet lamenta
Alemão, ex-Inter, celebra primeiro ano na Espanha: “Estou muito feliz”
Deixe seu comentário

No Ar: Grenal FC