Grêmio vence o Inter por 3 a 0 no primeiro jogo das semifinais do Campeonato Gaúcho

Diego Souza, de pênalti, fechou o placar

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Em pleno estádio Beira-Rio, o Grêmio venceu o Inter por 3 a 0 na tarde deste sábado (19), em jogo de ida pelas semifinais do Campeonato Gaúcho. Os gols foram marcados por Elias Manoel, Bitello e Diego Souza. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (23), às 22h15min, na Arena.

Os movimentos iniciais do duelo foram de equilíbrio, com ambas as equipes estudando as melhores ações. Uma das  primeiras oportunidades gremistas saiu dos pés de Elias, aos 5 minutos, quando recebeu na esquerda e tentou a finalização, mas dividiu com a marcação que tirou pela linha de fundo.

Já o Inter ameaçou com um lançamento de Gabriel buscando Paulo Victor, mas Geromel cortou. Em seguida, Maurício recebeu na meia-lua da grande área e arrematou em cima da marcação. Foi ali o início do lance que originou o gol tricolor.

No contra-ataque, Nicolas lançou Elias Manoel, que livre avançou pelo meio. O camisa 18 foi certeiro e mandou para o fundo das redes, abrindo o placar, aos 10 minutos.

Quase 12 minutos depois, após boa trama coletiva, o Grêmio chegou ao segundo gol com Bitello, que de fora da área, percebeu Daniel adiantado e mandou em direção a meta, balançando as redes adversárias e assinalando mais um para o Tricolor.

O Colorado tentou descontar próximo dos 30’. Paulo Victor fez um cruzamento buscando Maurício, mas o meia não alcançou e Geromel cortou. Três minutos depois, foi a vez de Taison finalizar da intermediária, mandando à direita do gol defendido por Brenno.

Na reta final da primeira etapa, os donos da casa tentaram com David, que arriscou de longe, mas Lucas cortou. Depois, Edenilson cobrou um escanteio, colocando a bola na área, mas a defesa afastou. Nos acréscimos, Taison desceu pela linha de fundo, pela esquerda e cruzou na pequena área, mas Bruno Alves cortou.

Segundo tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para a etapa complementar. Com dois minutos de jogo, o Tricolor tentou avançar com Campaz, mas ele acabou derrubado por Liziero. Em resposta, os adversários chegaram com Wesley em frente à área. Ele deixou para David, que finalizou mandando longe da meta gremista.

Aos 10’, o Inter chegou com muito perigo em jogada de Liziero, que arriscou da intermediária de ataque, obrigando Brenno a fazer grande defesa. No contra-ataque, Elias foi acionado novamente e pela esquerda, finalizou, mas Daniel defendeu bem. No rebote, o atacante ainda tentou a finalização, mas Kaique salvou.

Passados 16 minutos, o Grêmio ameaçou com Campaz, que soltou uma bomba, obrigando defesa do goleiro adversário. Logo em seguida, Paulo Victor cometeu uma falta forte sobre o colombiano e foi expulso da partida.

Aos 23’, Taison recebeu um cruzamento na área e tentou de voleio mandar a gol – a bola passou por cima da meta de Brenno. O Grêmio teve um pênalti a seu favor dois minutos depois. Diego Souza encheu o pé e mandou no ângulo, com qualidade, ampliando o marcador. 3 a 0 sobre o rival.

O técnico Roger Machado providenciou suas primeiras mudanças na equipe. Lucas Silva — atingido no rosto por um celular jogado pela torcida adversária — e Elias deram lugar a Gabriel Silva e Janderson. Bitello também saiu para a entrada de Thiago Santos.

Na reta final, o Tricolor contou com mais duas mudanças: Rildo e Churín no lugar de Campaz e Diego Souza. Na sua primeira participação, Rildo recebeu e chutou cruzado, mas Daniel defendeu. Nos acréscimos, Churín recebeu na meia esquerda, invadiu a área e finalizou, para outra defesa do goleiro colorado.

Violência

O Grenal voltou a ficar marcado por um caso de violência no estádio Beira-Rio. O volante gremista Lucas Silva comemorava o terceiro gol da equipe quando foi atingido por um celular arremessado ao campo por torcedores. Ele  precisou levar três pontos no lábio.

Ficha técnica

– Inter: Daniel; Bustos, Kaique Rocha, Victor Cuesta e Paulo Victor; Gabriel (Jhonny), Liziero, Edenílson (Bruno Mendéz), Taison e Maurício (Wesley Moraes); David. Técnico: Alexander Medina.

– Grêmio: Brenno; Rodrigues, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Lucas Silva (Gabriel Silva) e Bitello (Thiago Santos); Campaz (Rildo), Elias Manoel (Janderson) e Diego Souza (Churín). Técnico: Roger Machado.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Dupla Grenal

Compartilhe esta notícia:

Romildo Bolzan fala sobre condições de Diego Souza e comenta clássico Grenal: “Vamos entrar muito mais ligados”
Roger Machado elogia Grêmio após goleada no Grenal mas garante: “Não está nada decidido”
Deixe seu comentário