Futebol Brasileiro: A Seleção ao longo dos anos

A Seleção Brasileira é conhecida e respeitada ao redor de todo o mundo e, como muitos já sabem, essa história não é recente. Grandes nomes já passaram pelo quadro de jogadores da Seleção e – apesar de alguns terem recebido mais destaque – todos tiveram uma parcela de responsabilidade para que o futebol do Brasil fosse admirado por muitos.

O futebol chegou com força total nas casas de apostas esportivas – como, por exemplo, a Ivibet – e, nos sites e aplicativos deste segmento, é possível fazer palpites sobre os possíveis resultados de jogos da Seleção. Na Copa do Mundo, por exemplo, diversos torcedores aproveitaram essa funcionalidade.

No entanto, antes de o futebol tomar a proporção de hoje, a Seleção Brasileira já se destacava em relação a muitas outras, o que, de certa forma, ocorre até os dias atuais.

Quer um exemplo?
Na Copa do Mundo de 2022, o Brasil possuía a segunda Seleção mais valiosa do evento, visto que, ao todo, os 26 jogadores convocados estavam avaliados em R$8 bilhões.

Reconhecendo o potencial da Seleção Brasileira, separamos um pouco de sua história ao longo dos anos. Continue a leitura e veja mais informações!

O início

O primeiro toque de bola da Seleção Brasileira ocorreu em 1914 e, infelizmente, o clube estreou com uma derrota, perdendo para a Argentina de 3 a 0. No entanto, os jogadores nacionais seguiram em frente e, em 1919 e 1922, o Brasil foi campeão da Copa América.

Nessa época, o quadro de jogadores contava com a presença de Arthur Friedenreich, que era filho de alemães e chocou o público com sua habilidade, sendo uma revelação na época em que o futebol dava seus primeiros passos.

Durante a sua trajetória, a Seleção começou com o pé esquerdo na Copa do Mundo. Na edição de 1930, o clube foi eliminado pela Iugoslávia, e em 1934 pela Espanha. Mas, a história começou a mudar em 1938, quando o time ficou em terceiro lugar na Copa do Mundo, onde o jogador Leônidas da Silva foi destaque.

Revelações do futebol brasileiro

Quando a década de 1950 estava chegando ao fim, grandes jogadores do futebol brasileiro já haviam sido revelados, contudo, dois dos maiores atletas de todos os tempos ainda mostrariam os seus nomes para o mundo – evidentemente, estamos falando de Pelé e Garrincha.

Garrincha foi uma das maiores revelações que o futebol brasileiro já teve e, décadas atrás, dominava os jogos. Uma curiosidade a respeito do jogador é que ele possuía uma perna maior que a outra, mas, isso é algo que não o impediu de dominar os campos.

Em parceria com Garrincha, temos Pelé que, até hoje – e muito provavelmente para sempre – será considerado o Rei de Futebol, que jogou sua primeira Copa do Mundo com 17 anos e contribuiu ainda mais para que o futebol brasileiro fosse reconhecido.

Apesar de esses dois jogadores sempre serem lembrados, a Seleção Brasileira acumulou nomes famosos com o passar do tempo.

  • Na década de 1970, tivemos Rivellino que possuía um chute conhecido como “Patada Atômica”.
  • Em 1980, tivemos Zico que, apesar de não ter levantado nenhuma taça da Copa do Mundo, participou de três edições do evento e representou muito bem o Brasil.
  • Nos anos 1990, Romário, um dos maiores da história e, logo em seguida, o mundo conheceu Ronaldo Fenômeno.

Estes são apenas alguns dos maiores atletas da Seleção, mas, é claro que existem outros como, por exemplo, Ronaldinho Gaúcho, Neymar, Vinícius Júnior, entre tantos jogadores de destaque. A Seleção Brasileira sempre revelou grandes talentos e, muito provavelmente, isso nunca irá mudar.

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Com título do Gauchão, Kannemann se torna o argentino mais vitorioso da história do RS
Fora de casa, Grêmio vence ABC por 2 a 0 pela Copa do Brasil
Deixe seu comentário

No Ar: Contra Ataque