Com um a menos, Grêmio fica no 0 a 0 contra Chapecoense em partida da Série B

Com resultado fora de casa, Grêmio soma um ponto na Série B

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Não houve gol entre Chapecoense e Grêmio, nesta terça-feira (26), pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e o placar fechado é resultado de um jogo com poucas chances. A partida, em Chapecó, ficou marcada pela expulsão de Bitello, ainda no primeiro tempo.

O volante gremista acertou Perotti no pescoço e levou cartão vermelho direto depois da jogada feia. O empate em 0 a 0 faz o Grêmio chegar a 37 pontos, enquanto a Chape soma 23.

Para o Tricolor, o resultado é ruim. O time pode ser ultrapassado por Vasco e Bahia na sequência da rodada. O placar também mantém o padrão gremista na Série B: problemático como visitante, com apenas uma vitória em 11 partidas. Na próxima rodada, o Grêmio visita o Guarani.

A partida

A equipe que iniciou a partida não teve mudanças. Roger Machado repetiu a mesma escalação, que venceu a Ponte Preta no último sábado. Não demorou muito para o Tricolor ter a primeira grande oportunidade. Aos dois minutos, após Maílton escorregar na defesa, Ferreira avançou para a grande área e encontrou Campaz. O camisa 7 foi até a linha de fundo, cruzou rasteiro e a bola passou por todo mundo, no momento da finalização, Biel chutou em cima da defesa.

O ponteiro passava dos 15’, quando Ferreira tentou mais uma finalização para a equipe gremista. O camisa 10 recebeu na esquerda e tentou o chute da entrada da grande área, porém, a bola saiu pela linha de fundo.

A equipe tricolor tinha uma maior posse de bola, mas foi no contra-ataque, que Campaz quase marcou o primeiro, aos 21’. Após escanteio da Chapecoense, Grando tirou de soco e a bola sobrou para o camisa 7, que avançou em velocidade, com três defensores na marcação, e conseguiu chutar para o gol, mas Saulo espalmou.

Na sequência, com 24’ jogados, Ferreira sentiu a posterior da coxa esquerda e precisou ser substituído por Guilherme. Seis minutos depois, Bitello foi expulso, após chegada em Perotti. A partir do lance, o Tricolor passou a atuar com um a menos.

Roger Machado optou por modificar o time. Lucas Leiva entrou na vaga de Campaz. Aos 39’, Guilherme cruzou da esquerda, buscando Biel, e a bola desviou na zaga catarinense. O primeiro tempo terminou sem gols e sem muitas finalizações.

Segundo tempo

O Grêmio voltou para a segunda etapa sem modificações. Diego Souza recebeu na grande área, avançou, driblou o marcador e tentou uma cavadinha sobre Saulo, mas a bola desviou na defesa.

A Chapecoense, com um a mais, passou a pressionar o Grêmio a partir dos 10’, quando Fernando tentou a finalização de fora da área, mas Grando pegou firme. Com 15’ jogados, o goleiro tirou a bola de soco, após cruzamento da Chapecoense. Na sequência, depois de um novo levantamento, ele ficou com a bola.

O técnico gremista realizou as últimas modificações, aos 32’. Diego Souza, Biel e Villasanti saíram para as entradas de Elias, Janderson e Thiago Santos.

Ficha técnica

Grêmio

Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti (Thiago Santos), Bitello, Gabriel Teixeira (Janderson), Campaz (Lucas Leiva) Ferreira (Guilherme); Diego Souza (Elias Manoel). Técnico: Roger Machado.

Chapecoense

Saulo; Ronei, Léo, Victor Ramos e Fernando (Kevin); Mailton (Claudinho), Matheus Bianqui, Luizinho (Alisson Farias), Felipe Ferreira (Lima) e Chrystian (Jonathan); Perotti. Técnico: Marcelo Cabo.

Arbitragem

Paulo Roberto Alves Júnior (PR), auxiliado por João Fabio Brischiliari (PR) e Márcia Bezerra Caetano (RO). VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Chapecoense x Grêmio: Momento, Escalações, Arbitragem e Transmissão
Grêmio completa três meses sem vencer fora na Série B
Deixe seu comentário