Zé Ricardo pontua entrega do time, mas vê empate “frustado” com o Fortaleza

Colorado ficou no 2 a 2 em partida neste domingo, no Beira-Rio

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

O resultado em 2 a 2 com o Fortaleza, no estádio Beira-Rio, neste domingo, teve saldo frustante para o Inter, na avaliação do técnico Zé Ricardo. Em entrevista coletiva após o jogo, o treinador pontou que o único ponto positivo foi a entrega dos jogadores.

“Lógico que a gente sai frustrado por não ter tido os 3 pontos. No 1º tempo o Inter criou bastante, no 2° não conseguiu tanto. Mas os dois gols do Fortaleza saíram de um modo estranho. Hoje pelo menos um ponto positivo foi a entrega. Não desacreditaram o tempo todo de buscar o resultado”, declarou Zé Ricardo.

Nas arquibancada, o torcedor que quase viu o Fortaleza sair com a vitória nos acréscimos, se não fosse a defesa de Marcelo Lomba na cobrança de pênalti de Bruno Melo, o desempenho do time não agradou e vaias soaram ao final de partida. O episódio também foi comentado pelo técnico: “A gente gostaria que fosse ao contrário. Mas eu também ouvi incentivo. O torcedor está no seu direito, ele é soberano, ele é o clube. Nós respeitamos isso.”

Com o empate, o Inter permaneceu na sétima colocação, com 51 pontos, três atrás do São Paulo, que está no G-6. O próximo adversário do colorado é na quarta-feira, contra o Goiás, às 19h30 (de Brasília), no estádio Beira-Rio, pela 35ª rodada do Brasileirão.

“Tenho muita confiança em vencer os adversários que temos pela frente. Temos que ganhar os 3 pontos do Goiás. Não conseguimos a vitória hoje, mas importante considerar que também não perdemos”, afirmou o técnico colorado.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Futebol

Compartilhe esta notícia:

O Grêmio vence o Palmeiras por 2 a 1, garante vaga na Libertadores e título do Flamengo no Brasileirão
Missão dada, missão cumprida: Renato banca e Grêmio se garante na Libertadores de 2020
Deixe seu comentário