Volante Edenilson revela mudança de trabalho do Inter para manter a posse de bola


Por: Valéria Possamai,

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o volante do Inter Edenilson, revelou que o time passou por processo de mudança no estilo de jogo para esta temporada. O maior domínio sobre a posse de jogo apresentada pela equipe em suas últimas atuações é fruto de uma mudança em conjunto do grupo.

“Foi uma ideia, uma conversa em conjunto. Ano passado nosso time tinha qualidade, mas ficava pouco com a bola. A partir deste ano, o professor (Odair Hellmann) passou a implementar isso nos treinamentos, de ficarmos mais com a posse da bola, não perder a bola, não perder a posse. Não em todos os jogos que vamos conseguir, mas vamos tentar”, destacou o jogador.

O time que vem de classificação na Copa do Brasil, conquistada na última quarta-feira sobre o Paysandu, também tem mostrado poderio do elenco. As reposições do elenco como o caso de Nonato e Rodrigo Lindoso, que substituem Patrick e Dourado, lesionado, tem mantido o mesmo rendimento da equipe, conforme destacou Edenilson. “As reposições tem ajudado bastante e isso é fruto do trabalho do grupo”.

Em meio à entrevista, uma situação chamou a atenção. “Escondido” atrás da porta que dá acesso a sala de coletivas do CT Parque Gigante, Rafael Sobis dava “pitacos” na entrevista do companheiro. Fazendo referência ao seu nome, quando Edenilson foi questionado sobre a ausência de Paolo Guerrero nos próximos jogos por conta da convocação à Seleção Peruana.

“Tem o Sobis também que é um jogador muito qualificado, ganhou muitas coisas. Mas ficamos muito felizes por ele. Como o Sobis falou (risos), tem ele, e outros jogadores que vão dar conta do recado.”

Após a coletiva, o Inter se reapresentou visando o compromisso novamente a disputa do Campeonato Brasileiro. No domingo, o adversário é o Avaí, às 19h, no estádio Beira-Rio.

 

 

Comentários

>