Vinte e oito ocorrências policiais no jogo entre Inter e Athletico Paranaense


Por: fabriciaalbuquerque,

A Polícia Civil registrou pelo menos 28 ocorrências depois do jogo do Inter com o Athletico-PR. A partida realizada na noite de quarta-feira (18) era para definir o campeão da Copa do Brasil.

O jogo estava empatado em 1 a 1 e o Colorado estava perdendo o título. Quando o Furacão marcou o segundo, já nos acréscimos da etapa complementar, as confusões começaram do lado de fora do estádio Beira-Rio.

De acordo com a delegada Laura Lopes, titular da Delegacia de Polícia para o Turista e substituta da 20ª DP, até a manhã desta quinta (19), tinham sido registrados na delegacia 28 B.O (boletins de ocorrência).

Catorze deles envolveram o furto de dinheiro, documentos e celulares, dois envolveram ingressos falsificados, quatro foram de lesões corporais devido a brigas, três desacatos, dois de posses de drogas, uma de invasão a um bar localizado no estádio, entre outros. Ainda conforme a delegada, embora não tenha ocorrido nenhum flagrante, oito pessoas foram identificadas e levadas ao Juizado do Torcedor na madrugada desta quinta.

Nas redes sociais circularam notícias de que alguns condutores teriam sido vítimas de assaltos no momento em que tentavam chegar até seus carros estacionados no entorno do estádio. No entanto, segundo a delegada Laura, ainda não tinha sido registrado nenhum B.O sobre isso.

Até a manhã, também não havia registro de ocorrência das depredações no Beira-Rio. O estádio foi incendiado por vândalos no portão 7, a fachada branca acabou ficando manchada de preto, além disso, a letra “O”, do letreiro que indica os portões de acesso à arquibancada da goleira sul do local foi apagada.

Ainda nas redes sociais há relatos do uso de bombas de efeito moral por parte da polícia.

Comentários

>