Vice-presidente do Inter, João Patrício Hermann, critica arbitragem após derrota: “Foi uma das maiores vergonhas do futebol”

(Foto: SC Internacional)

O pós-jogo do Internacional passou, mais uma vez, por problemas com a arbitragem. O vice-presidente do Internacional, João Patrício Hermann, em coletiva de imprensa após a partida, argumentou suas criticas. Segundo ele, o árbitro Raphael Claus mudou seus critérios. “Já estamos vendo imagens nas redes sociais, há mais lances parecidos com este onde ele não expulsou o jogador, ele mudou o critério dele de última hora. É uma vergonha a atuação dele.”

Hermann já afirmou que a direção e o departamento jurídico do clube irão nesta segunda-feira (22) à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), buscar explicações. ” Novamente hoje nós fomos prejudicados de uma forma absurda. Pode ter certeza que nosso departamento jurídico está atento”, respondeu. Ele ainda fez questão de resumir o que viu: “Foi uma das maiores vergonhas dos últimos tempos do futebol brasileiro.”

Uma atitude dos diretores do Flamengo também foi criticada. “O presidente do Flamengo me mentiu! Ele disse que eles ficariam nas cabines de cima, mas eles ficaram lá embaixo pressionando o juiz. Eles não deixaram a gente ficar l[a embaixo. Esse é o flamengo de hoje, todo poderoso, mas o homem lá de cima está olhando para nós.”

A atuação dos jogadores foi elogiada pelo vice-presidente que destacou que o campeonato ainda não acabou. “O Flamengo pode ate tentar ser campeão, mas vai ser muito difícil! O campeonato não acabou ainda, vamos acreditar gente!”

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Inter perde por 2 a 1 para o Flamengo e deixa a liderança do Brasileirão
Abel Braga revela conversas com o elenco após a derrota para o Flamengo
Deixe seu comentário