Neymar não aparece, seleção sucumbi e Iraque sai aplaudido pelo empate


Por: Kalleb França, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal

Em mais uma partida ruim de Neymar, a seleção olímpica não saiu de um empate contra o Iraque. Sim, o Iraque. Sem tradição no futebol, a seleção do time que veio do oriente médio, saiu aplaudida pela torcida brasileira que lotou o Mané Garrincha. Um 0x0 sem graça, e sem brilho tático, o Brasil está na segunda posição do seu grupo na competição e, agora, precisa vencer a Dinamarca para conseguir a classificação, um empate pode deixar o Brasil de fora.

Primeiro tempo

Durante a primeira etapa, o que se viu foi um time desorganizado, nervoso e afobado. Com sua estrela principal totalmente apagada, o time não rendeu nem um pouco do esperado. Neymar não deu conta do recado, e pouco apareceu no jogo. Outros jogadores como Gabriel Jesus e Gabigol, pouco apresentaram. Sendo assim, coube ao Iraque, fazer uma partida praticamente perfeita taticamente.

Com solidez defensiva, e uma certa qualidade técnica, os iraquianos aproveitaram um deslize na marcação, e em uma cobrança de lateral colocaram uma bola na trave. O Brasil, colocou uma bola no travessão também no final do primeiro tempo com Renato Augusto, mas foi pouco. A primeira etapa foi para o final com o placar em branco.

 

Segundo tempo

Na etapa complementar, a entrada de Luan, deu um pouco mais de mecânica ao jogo da seleção, porém a individualidade de Gabigo, e a noite triste de Neymar e Gabriel Jesus, fizeram com que as movimentações de ataque sucumbissem na marcação iraquiana. A atuação nervosa no segundo tempo, apresentou uma nova faceta deste time comandado por Rogério Micale. Um time afoito e totalmente pressionado dentro de campo.

A bola girava de um lado para o outro, com muitos passes errados e sem conseguir romper as linhas de marcação do Iraque. Sem muita criatividade, e com muitos erros coletivos e individuais, a seleção brasileira não conseguiu marcar. Chegou apenas uma vez com qualidade na etapa complementar, e foi nos acréscimos. Uma jogada rápida pelo lado direito, na verdade, um contra ataque. Sim, um contra ataque contra o Iraque, o lateral William fez boa jogada e cruzou para Renato Augusto que sozinho, sem goleiro, chutou de canela pra muito longe do gol.

O próximo confronto será na quarta-feira (10), contra a Dinamarca. Um empate leva os dinamarqueses aos 5 pontos na competição, e deixam a seleção brasileira com 3, se houver um vencedor entre África do Sul e Iraque, a seleção está desclassificada na primeira fase das olimpíadas, e desta vez, dentro de casa.

Comentários