Vexame tricolor marca a quarta partida sem vitória pelo Campeonato Brasileiro


Por: Kalleb França, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal

Sofrendo 4 gols em um período de 20 minutos, o Grêmio perdeu por 4×0 para o Coritiba e se atrasou muito na disputa pelo título, e coloca em risco as chances de assegurar vaga para a libertadores do ano que vem. A partida, disputada no Couto Pereira, foi um show de horrores para o lado do time de Roger machado, que ainda no primeiro tempo sofreu os quatro gols, e teve dois esquemas táticos em campo.

No segundo tempo, um terceiro esquema surgiu. O grêmio não sofreu gols no segundo tempo, porém não marcou. A derrota, intensifica as críticas ao trabalho do técnico Roger e marca a quarta partida sem vitória pelo campeonato brasileiro, desta vez na 23ª rodada da competição.

 

 

Primeiro Tempo

 

Depois de um primeiro tempo horroroso contra o Botafogo, se imaginou que o Grêmio não mais repetiria uma atuação tão ruim. Mas teve. A primeira etapa da partida contra o Coritiba foi digna de se esquecer. Em 35′ o tricolor já perdia por 3×0 e não conseguia jogar por nenhum lado do campo. O primeiro gol, saiu em uma cobrança de falta, cobrada por Juan pelo lado direito. A bola passou por Geromel e Wallace Reis. Grohe ficou no meio do caminho e Wallison Maia cabeceou para dentro do gol. Era o princípio das dores e apenas 21′ da primeira etapa. O segundo saiu apenas nove minutos depois com Leandro – ex Grêmio -, o atacante recebeu e chutou forte sem chances para Marcelo Grohe. Aos 34′ Veiga recebeu de Neto Berola que fez grande jogada, o jogador chutou forte pro gol, era o terceiro do Coritiba em cima de um Grêmio aparentemente, já liquidado.

Antes do apito final, aos 38′ em um contra-ataque Neto Berola chutou forte da entrada da área e marcou o 4 gol. Era um 4×0, no primeiro tempo que chegou ao seu final com uma atuação tenebrosa do time de Roger Machado. Que ainda quando perdia por 2×0 desmanchou a linha com dois volantes e colocou Pedro Rocha em campo, porém não adiantou. o Coxa marcou mais dois e praticamente deu números finais ao jogo.

 

Segundo Tempo

Na segunda etapa, Roger entendeu que precisava proteger o seu lado esquerdo. Para isso, colocou Kannemann no lugar de Henrique Almeida e voltou para a etapa complementar com um 3-5-2. Mesmo assim, o time permaneceu desorganizado em campo. Sem conseguir chegar com efetividade na frente, e ainda exposta atrás, o Coritiba só não marcou mais gols porque nitidamente poupou fôlego.

Não há o que destacar da segunda etapa, a não ser que o Coritiba perdeu um gol claro logo nos primeiros três minutos de jogo. Fora isso, fica a tentativa do Grêmio de se colocar melhor em campo para não sofrer mais gols, e a atuação segura do zagueiro argentino Kannemann, que chegou a fazer um gol, porém estava impedido. No último lance do jogo, Pedro Rocha finalizou em gol e quase marcou o gol de honra gremista, não fosse o zagueiro adversário que tirou de cima da linha.

Com a derrota, o Grêmio estaciona nos 36 pontos e dá adeus de vez para a disputa pelo título brasileiro, título esse, que a cada rodada que passa parece estar mais entre Palmeiras e Galo. Que venceram seus jogos e dividem a liderança.

 

 

Veja a ficha técnica do jogo:

Coritiba 4 X 0 Grêmio

Craque da Bola Coca-Cola: Raphael Veiga
Local: Couto Pereira – Curitiba – PR
Data: 07/09/2016
Horário: 21:45h

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes – RJ (ASP-FIFA)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises – RJ (MAST) e Luiz Claudio Regazone – RJ (ASP-FIFA)
Quarto Árbitro: Rafael Traci – PR (ASP-FIFA)

Coritiba: Wilson, Walisson Maia, Luccas Claro, Juninho, Juan, João Paulo, Alan Santos, Raphael Veiga (Bernardo), Iago Dias, Leandro (Evandro) e Neto Berola (Yan Sasse)
Técnico: Carpegiani
Banco: Rafael Martins, Carlinhos, Cesar Benitez, Nery Bareiro, Amaral, Bernardo, Thiago Lopes, Yan Sasse e Evandro

Grêmio: Marcelo Grohe, Edilson, Geromel, Wallace Reis, M. Oliveira, Walace, Ramiro (Pedro Rocha), Jailson, Douglas, Luan e H. Almeida (Kannemann)
Técnico: Roger Machado
Banco: Bruno Grassi, Leo, Kaio, Fred, Rafael Thyere, Kannemann, Iago, Lincoln, Guilherme, Pedro Rocha e Batista

Gols:
Walisson Maia (Coritiba) – aos 21 minuto(s) do 1º Tempo
Leandro (Coritiba) – aos 30 minuto(s) do 1º Tempo
Raphael Veiga (Coritiba) – aos 34 minuto(s) do 1º Tempo
Neto Berola (Coritiba) – aos 38 minuto(s) do 1º Tempo

 

 

 

Comentários