Vestiu e marcou: Jean Pyerre faz estreia com a camisa 10 e é eleito o melhor em campo

Jogador teve participação nos 4 gols da equipe

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
RS - FUTEBOL/CAMPEONATO BRASILEIRO 2020 /GREMIO X CEARA - ESPORTES - Lance da partida entre Gremio e Ceara disputada na noite deste sabado, na Arena do Gremio, em partida valida pela Campeonato Brasileiro 2020. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Para quem pensou que vestir a camisa 10 seria um início de uma retomada, e a verdadeira volta por cima, acertou. Jean Pyerre assumiu o novo número e foi o verdadeiro destaque na vitória de 4 a 2 sobre o Ceará, na Arena, pela 21° rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogador estreiou a camisa fazendo jus ao que o presidente Romildo Bolzan vêm dizendo, o 10 está em casa. Jean abriu o placar com um gol de falta, ao cobrar com muita categoria no ângulo guardado pelo goleiro Fernando Prass. Depois, deu uma assistência milimétrica em cruzamento para Churín fechar a conta no segundo tempo.

Entre o primeiro e o último gol, a bola passou pelos pés do meia com protagonismo. Ditou o ritmo de jogo e controlou as ações do time, não à toa que os outros dois gols da equipe tricolor tiveram seu nome assinado.

No gol de Pepê, o meia roubou a bola na entrada da área e serviu Luiz Fernando para a assistência. No de Diego Souza, Jean cobrou rápido o lateral para o Luiz Fernando dar novo passe para gol, dessa vez para o centroavante.

Como dito por Renato Portaluppi na coletiva após a partida, Jean recebeu a nova numeração como um símbolo de amadurecimento e responsabilidade, e o jogador soube encarar o incetivo positivamente. E a mudança da 21 para a 10 é muito maior do que se imagina. Tem a ver com toda a simbologia para um meia que é lapidado desde cedo nas categorias de base para ser um armador clássico.

O jogador, recentemente, teve problemas com lesões e uma situação familiar séria envolvendo seu pai e a COVID-19. A valorização por parte do presidente, em entrevistas, e da comissão técnica, em principal Renato deram incetivo para que o jogador retornasse à titularidade, se tornando o principal destaque nas partidas do tricolor.

”É justamente isso. Todos precisam de responsabilidade maior. Por isso converso com ele, dou a 10. Ele aprendeu, infelizmente, com o problema da família. Teve problemas de lesões. Ele sabe que tem o carinho do presidente, do treinador, do grupo. Futebol ele tem. Mas não adianta só futebol. Tem que ter responsabilidade.”, afirmou Renato.

Antes de vestir a 10, Jean havia marcado de pênalti um dos gols do Grêmio na vitória por 2 a 1 sobre o Cuiabá, na Arena Pantanal, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil. São três gols em 19 jogos na temporada – o outro foi no Grenal da retomada do futebol.

O Grêmio volta a campo na próxima quarta-feira, às 16h30, quando enfrenta o Cuiabá, na Arena, pelo segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil. O Tricolor venceu a ida por 2 a 1 e joga por um empate.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Paulo Miranda sai com dores contra o Ceará e pode virar problema para o Grêmio
Convocações e lesões: Grêmio pode ter oito desfalques para partida contra o Cuiabá
Deixe seu comentário