Valdomiro, Johnny e Consulado de Criciúma se unem em prol da solidariedade

Valdomiro e Johnny autografam camisa colorada

Foto: Divulgação/ Internacional

O ex-jogador e ídolo do Inter Valdomiro e o meio-campista do grupo atual Johnny unem passado e futuro do clube em uma ação solidária em Criciúma, em Santa Catarina. Valdomiro é morador do município e o meia de 19 anos foi criado na região. Sendo assim, a partir da união de torcedores, jogador e ídolo, foi organizada uma ação social de arrecadação de donativos, que estarão sendo recebidos, até a próxima quinta-feira (30), no Bar do Juca, localizado na Rua Henrique Lage, número 556, centro de Criciúma. Todo colorado ou colorada que, com doações, participar da campanha, estará concorrendo a uma camisa oficial do Internacional, modelo 2020, autografada por Johnny e Valdomiro.

Outras ações do Inter e de jogadores

O drive-thru solidário que é realizado no Beira-Rio já arrecadou quatro toneladas de alimentos para doação. O zagueiro Rodrigo Moledo distribuiu cestas básicas a trabalhadores do Beira-Rio que estão sem renda. Há ainda um site do Gre-Nal solidário para doações.

O elenco do Inter arrecadou 100 cestas básicas e 100 kits de higiene para uma doação coletiva. D’Alessandro se juntou a Tinga e Dunga para entregar 10 toneladas de alimentos. Grêmio e Inter lançaram uma campanha coletiva para captar recursos para a instalação de 80 leitos de UTI no Hospital Santa Casa, em Porto Alegre.

O atacante Taison, do Shakhtar Donetsk, fez doações para a sua comunidade em Pelotas, no bairro Navegantes. O Inter lançou a linha de camisetas e máscaras “Juntos vencemos”. Toda a receita proveniente da venda das peças será doada a hospitais que atuam no tratamento de pacientes da Covid-19.

A diretoria também tem dois projetos para ajudar profissionais autônomos e pequenos empresários com venda de créditos a serem usados no futuro.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Alvo do mercado, Bruno Fuchs segue no radar do Mônaco, da França
“É o pior momento financeiro e econômico da história do clube”, avalia vice-presidente do Inter sobre a crise com a Covid-19
Deixe seu comentário