UEFA libera 9.500 torcedores para a final da Europa League

Foto: Reprodução / Internet

O futebol não é o mesmo sem a energia e a atmosfera que emana dos torcedores nas arquibancadas. Porém, mesmo que a passos lentos, os eventos esportivos estão voltando à normalidade, e para alegria dos amantes do futebol, a UEFA revelou que aproximadamente 9.500 pessoas poderão presenciar a final da Europa League que será realizada em Gdansk, na Polônia. Uma parcela igual será destinada para torcedores de cada time, enquanto o restante das vagas será direcionada ao grande público.

Nos canais oficiais da competição, os valores dos ingressos variam entre 40 e 130 euros. E os estrangeiros só poderão acompanhar o jogo caso cumpram as exigências das autoridades locais. Então, no dia 26 de maio, o estádio Miejski, de Gdansk, receberá a final de número 50 da Liga Europa, onde se enfrentarão Manchester United da Inglaterra e Villarreal da Espanha.

PRIMEIRA VEZ

Esta é a primeira vez que o Submarino Amarelo (apelido do Villarreal) chega até a final europeia. Há 15 anos, o time quase teve essa oportunidade, que acabou sendo frustrada pelo Arsenal que o derrotou nas semifinais da Liga dos Campeões. E o destino quis que os clubes se reencontrassem em 2021, nas semifinais da Liga Europa, e, desta vez, o time espanhol levou a melhor. Com o treinador copeiro Unai Emery no comando, a equipe tem grandes chances de levar o torneio para casa, e experiência é o que não falta ao técnico que já levantou o caneco da Liga Europa três vezes consecutivas, entre 2013 e 2016, quando treinava o Sevilla.

Já o adversário é o todo poderoso Manchester United, que no primeiro jogo das semifinais goleou a Roma por 6 a 2. Na partida de volta, o time italiano venceu os Red Devils por 3 a 2, mas o saldo negativo do primeiro jogo acabou pesando. Com isso, o Manchester United está de olho no bicampeonato, e já levantou a taça uma vez na temporada de 2016-2017. Assim sendo, a última semana de maio será movimentadíssima no Velho Continente, com as finais da Liga Europa (26/5) e Liga dos Campeões (29/5), o que deve acabar agitando também as plataformas de apostas, sendo que a 1xbet é confiável para realizar seus palpites, disponibilizando os melhores palpites do mercado e diversos torneios para os usuários darem seus pitacos.

PROBLEMA PARA ENCONTRAR UMA SEDE PARA A FINAL DA LIGA DOS CAMPEÕES

A UEFA, órgão responsável pelas principais competições do futebol europeu, tem encontrado dificuldades em decidir onde será realizada a final da Liga dos Campeões entre Manchester City e Chelsea. Por enquanto, a partida está agendada para acontecer no estádio Ataturk, na Turquia, porém o órgão tem cogitado o Reino Unido para sediar o jogo. Mas há alguns problemas com essa possível mudança: o estádio de Wembley, que é o sugerido para a final, já está reservado para os jogos do Campeonato Inglês. Ademais, a data da partida afetaria muitos dos times envolvidos, já que o Reino Unido exige dez dias de quarentena para visitantes vindos de certos países que estão na “lista vermelha” da crise sanitária. E com a Euro 2020 tendo início no dia 11 de junho, essa proximidade de datas exigiria que o governo britânico abrisse uma exceção à regra em relação à entrada de estrangeiros.

Com esses empecilhos e a piora na crise sanitária na Turquia, é provável que Portugal irá sediar, mais uma vez, a final do torneio continental. De acordo com o diário britânico “Times”, o Estádio do Dragão, pertencente ao Porto, deve ser o escolhido, enquanto o jornal português “A Bola” afirma que a UEFA está perto de oficializar a decisão. Caso a mudança se confirme, será o segundo ano consecutivo que Istambul não consegue sediar a decisão do campeonato mais importante da Europa por conta do agravamento da crise sanitária no país.

Voltar Todas de Futebol

Compartilhe esta notícia:

Governo do Estado retira restrição de partidas após às 20h
Liberta e Sula na KTO: Inter pressionado e Grêmio aliviado
Deixe seu comentário