“Tranquilo e rápido de resolver essa questão”, diz Thaciano sobre a negociação de readequação salarial do elenco com o Grêmio

Meia do Grêmio concedeu entrevista à Rádio Grenal

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Em entrevista exclusiva à Rádio Grenal, o meia do Grêmio Thaciano revelou como vendo sendo a rotina longe da profissão. Com as competições suspensas, o dia a dia tem sido em casa, afastado dos gramados, em virtude do coronavírus. Cenário, ao qual, além das questões dentro das quatro linhas, também traz efeitos no extracampo.

“Tá complicado. Leitura, exercícios, tira um cochilo. Esperamos que a situação possa passar o mais rápido possível porque a saudade tá grande”, revelou o paraibano, que tem passado os dias em Porto Alegre. A partir desta quarta-feira, o grupo de jogadores e a comissão técnica entrarão em férias pelo período de 20 dias. E, apesar do recesso, os atletas receberam uma cartilha para evitar o menor prejuízo possível com relação a parte física: “O Grêmio passou uma cartilha para gente. Para gente chegar o menos abaixo possível”.

Em meio a suspensão dos jogos, os clubes também tratado de questões financeiras. E, para reduzir os prejuízos, o grupo de jogadores aceitou a proposta de readequação financeira realizada pela direção. O pagamento do direito de imagem de quatro meses desta temporada será quitado no ano que vem.

“Foi uma conversa ajustada, tranquila. O clube passou para nós tudo com muita clareza. Eles sempre honraram tudo, cumprem tudo que prometem, então foi tranquilo e rápido de resolver essa questão”, explicou Thaciano.

Sobre a indefinição quanto ao retorno dos jogos, o meia afirmou que nem os próprios jogadores tem alguma definição quanto a situação. Mas, Thaciano se mostra contrário quanto uma possível unificação do calendário do futebol brasileiro com o europeu: “De informação é o que mais gente vê de comentários. Alguma coisa da direção ou CBF, a gente ainda não sabe.
Tem que permanecer só jeito que está. Da Europa para cá é um pouco diferente. Tem que permanecer do jeito que está”.

Possível saída para o Cruzeiro?

Na negociação com o Cruzeiro, pela vinda do lateral-direito Orejueal, no início da temporada, o nome de Thaciano chegou a ser especulado para ser envolvido no negócio, mas sua saída foi vetada pelo próprio técnico Renato Portaluppi.

“Não chegou nada até mim. Mas vi que se especulava essa situação. Renato comentou que não abriria mão de contar comigo de jeito nenhum”, declarou o jogador do Grêmio.

Novas oportunidades

O meia, que já foi utilizado em algumas posições do meio para frente, falou sobre suas oportunidades e revelou onde se sente mais à vontade no campo.

“Espero que tenha mais, mas temos que estar preparados para quando as oportunidades surgirem. Ganhei oportunidade ali, mas acho que faltou até maior entendimento da minha parte. Chamei o Renato e conversamos. Estou pronto e a disposição para as oportunidades”, destacou Thaciano, que completou: “Tenho características diferentes do Thiago Neves e do Jean Pyerre, mas essa é uma função que eu gosto. Gosto também de vir de trás, como volante mais solto, como o Renato gosta de usar.”

Confusões no Grenal

“Temos que colocar uma pedra no Clássico que passou. Grenal é sempre muito disputado, mas todos são país de família, então fica chato toda essa situação. Eu fiquei envergonhado pelo ocorrido. A disputa tem que ser forte dentro de campo”, afirmou o meia.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Entrevistas Especiais

Compartilhe esta notícia:

“Isso aqui não é uma ‘gripezinha'”, diz presidente do Internacional após se recuperar do Coronavírus
Presidente do Grêmio vê possibilidade de prosseguimento do Gauchão, mas alerta para auxílio aos clubes do Interior
Deixe seu comentário