Torcedor é condenado por ofender e agredir jornalista durante Gre-Nal

A Justiça do Rio Grande do Sul decidiu condenar nesta terça-feira (09), o torcedor do Internacional Rafael Vinicius Lopes por ofender e agredir a jornalista da Rádio Gaúcha, Renata de Medeiros. O crime aconteceu antes do clássico Gre-Nal do dia 11 de março de 2018, quando Lopes chamou Renata de “puta”.

Com a sentença, Rafael Vinicius não poderá assistir os jogos do Internacional no Beira-Rio, nem nos estádios em que o time for jogar. Além disso, o torcedor terá que comparecer em alguma delegacia nas datas de jogos do clube, durante um período de quatro meses. O agressor ainda terá que pagar a indenização de um salário mínimo em favor da vítima por dano moral.

O torcedor falou que houve um mal-entendido entre ambos, negando as acusações. No entanto, Lopes foi condenado a quatro meses de prisão em regime aberto por xingar Renata, ofendendo sua dignidade na presença de inúmeras testemunhas.

Conforme Renata, ela estava cruzando pela arquibancada do estádio quando Rafael teria falado “sai daqui, puta”, então ela pegou o seu celular e começou a gravar o agressor, pedindo para que ele repetisse o que havia falado. O vídeo circulou pelas redes sociais na época dos fatos.

 

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Rodrigo Dourado garante estar recuperado e projeta confronto contra o Palmeiras
Everton é atração no último treino do Grêmio antes de duelo pela Copa do Brasil
Deixe seu comentário