“Tem sido dias complicados aqui nos Emirados Árabes”, diz Luiz Antônio, meio-campista revelado pelo Flamengo

Foto: Divulgação/Baniyas

O êxodo de jogadores brasileiros para o futebol árabe já é comum. O meio-campista Luiz Antônio, revelado pelo Flamengo e com passagens por clubes como a Chapecoense e Bahia, é mais um deles. Hoje no Baniyas, dos Emirados Árabes Unidos, também já teve passagem pelo Al-Shabab, da Arábia Saudita. Em entrevista exclusiva a Rádio Grenal na manhã desta terça-feira (14), o brasileiro contou como tem sido os treinamentos durante o isolamento por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Tem sido dias complicados aqui nos Emirados Árabes. Todo mundo em casa. Aqui as pessoas vão pagar cerca de R$ 50 mil de multa, se for pego na rua sem uma justificava aceitável. O clube passou cartilhas de atividades. Fazemos corridas, exercícios diversos de mobilidade. A gente vai fazendo e informando o preparador físico. É importante também pra passar o tempo.”

O futebol está parado por tempo indeterminado no Brasil e no mundo. Segundo o jogador, algumas reuniões estão sendo realizadas com objetivo de encontrar uma solução para que as atividades voltem ao normal. “Não há previsão de retorno do futebol. O Governo tem feito reuniões pra tentar definir, mas tudo depende dos órgãos de saúde. Eles passam poucas informações para as pessoas. O país está respeitando as orientações de preservação. O governo manda cartilhas e todos respeitam. Quando saem, ficam todos de luvas e máscaras. Tudo rígido pra terminar logo isso.”

O futebol nos Emirados Árabes também é conhecido por seu nível técnico e tático alto. Para o meio-campista do Baniyas a qualidade do campeonato foi surpreendente. “Minha passagem aqui tem sido muito boa. Me surpreendi positivante com a qualidade do campeonato. Tô conseguindo jogar bem e até marcando gols. Tem sido bom.” Por fim, o jogador comemorou a boa fase e o sucesso recente do rubro-negro carioca, clube que o revelou: “O Flamengo é a minha casa. Tenho acompanhado. O Jesus chegou e transformou o time. O Bruno Henrique tem razão, o clube está, em vários aspectos, em outro patamar”, finalizou.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Futebol

Compartilhe esta notícia:

“Só é vencedor quem perde. Só perde quem chega lá”, diz Celso Roth sobre o fatídico episódio contra o Mazembe
Dupla Grenal irá estender período de férias dos jogadores por mais 10 dias
Deixe seu comentário