STJD multa Inter e aplica suspensão em Vitório Píffero

Em julgamento realizado nesta terça-feira (13) na sede do STJD, o Internacional foi punido com pagamento de multa no valor de R$720 mil  por conta do uso de mails adulterados no processo conhecido como ‘caso Victor Ramos’. Já o ex-presidente Vitório Píffero foi punido com suspensão de atividades relacionadas ao futebol por 555 dias, além de multa de R$ 90 mil.

O clube pode recorrer da sentença nos próximos dias, e caso o faça, novo julgamento será marcado a partir do pedido. Desde dezembro do ano passado, o Colorado buscava, na justiça, apontar irregularidades na troca de documentação na negociação de Victor Ramos com o Vitória. Após meses de inquérito, o relatório apontou irregularidades, mesmo que a adulteração não tenha sido feita pelo Inter, mas pelo empresário de Ramos na época, Francisco Godoy, com objetivo de facilitar a compreensão do Monterrey do México. Em seguida, o procurador-geral do STJD, Felipe Bevilacqua, efetuou a denúncia do Inter, julgado nesta terça.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.