“Se for dada a possibilidade de jogar sem público, acho que vamos conseguir voltar em breve”, aponta Romildo Bolzan

Protocolos médicos estão sendo estabelecidos e debatidos pela CBF

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

A definição da volta das atividades futebolísticas pode ser concluída em breve. Para isso, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tem discutido com clubes e federações a construção de um protocolo médico, atendendo as recomendações das autoridades de saúde. Em entrevista à Rádio Grenal, nesta terça-feira, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., revelou que a entidade máxima do futebol brasileiro estabeleceu diretrizes “rígidas” e agora se aguarda pela aprovação.

De acordo com Bolzan, em reunião com os clubes, nesta segunda-feira, a posição apresentada pela CBF foi aceita pelo clube. O mandatário apontou ainda que, se aprovado a condição de jogos com portões fechados pelas autoridades de saúde, o futebol pode voltar em breve.

“A CBF fez um protocolo rígido. Eu sou a favor da posição que foi apresentada ontem (segunda-feira). O Grêmio apresentou protocolo muito rígido, com recepção para os atletas. Eu respeito muito as autoridades sanitárias. Os protocolos sendo atendidos de acordo com as autoridades de saúde, acho que há possibilidade dos campeonatos serem cumpridos. Claro, sem público. Vejo possibilidade de retorno apenas com todos os protocolos de preservação sendo cumpridos”, declarou o presidente do Grêmio, que ainda completou: “Se for dada a possibilidade de jogar sem público, acho que vamos conseguir voltar a jogar já muito em breve.”

Na tarde desta terça-feira, a CBF terá uma reunião com os representantes das federações estaduais para definir as diretrizes do retorno das atividades do futebol. Lembrando que, a maioria dos clubes, como no caso do Grêmio, tem o período de férias do jogadores se encerrando no dia 30 de abril.

Fórmula do Campeonato Brasileiro

De acordo com o presidente Romildo Bolzan Jr., não há possibilidade de alteração da fórmula de disputa do Campeonato Brasileiro, diante da crise da Covid-19. “Não tem a mínima chance de mudar a fórmula do campeonato. Só se paga o contrato (de TV) se manter a fórmula. Então, não vai mudar.”

Readequação dos valores dos direitos televisivos

De maneira clara, o mandatário gremista explicou que não haverá alteração nos valores das cotas do direitos televisivos. O que vem sendo tratado é a alteração do fluxo de pagamento, ou seja, os pagamentos sendo postergados.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grêmio avalia possibilidade de empréstimo do goleiro Phelipe Megiolaro
Inter anuncia acordo pela readequação salarial do grupo de jogadores
Deixe seu comentário