Romildo destaca rebaixamento não ser terra arrasada e garante: “É claro que vamos subir”

Romildo Bolzan Jr. falou em entrevista coletiva após a vitória diante do Atlético-MG por 4 a 3, na Arena

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

O Grêmio está rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro. A concretização veio na última rodada da competição, porém, com a probabilidade de 96% do descenso, era muito difícil que o tricolor conseguisse se recuperar mesmo vencendo o Atlético-MG. Após a partida, Romildo Bolzan Jr. falou em entrevista coletiva.

Analisando os maiores erros que culminaram no terceiro rebaixamento da história gremista, Bolzan avaliou que o principal fator foi a troca no comando técnico no início da temporada, quando saiu Renato Portaluppi para a entrada de Tiago Nunes. Além disso, o presidente relembrou o péssimo início no Campeonato Brasileiro, quando o tricolor ficou oito partidas seguidas sem vencer. “Tivemos uma participação pífia no início do Brasileirão”.

Mesmo vivendo o pior momento da sua gestão nos últimos seis anos, Romildo Bolzan Jr. reiterou o fato de remobilização: “Quero deixar claro que não há terra rasada. Vamos dar a volta por cima com muita perseverança”. O presidente gremista comentou que a reconstrução não passa apenas pela comissão técnica. “O negócio do Grêmio é o futebol, e nós não tivemos um bom desempenho este ano”, completou.

“Tivemos treinadores de ponta ao longo do ano. Nossas contratações foram de jogadores de seleções, consagrados por onde passaram. Quando eu falo que não há terra rasada é por que temos pontos positivos para recomeçar”, explicou. Sobre o discurso de permanência nos últimos dias, Romildo respondeu: “Uma coisa é você ser realista, outra coisa é ser desistente”.

Em relação a competição em 2022, Romildo Bolzan Jr. garantiu que o tricolor retornará a primeira divisão em 2023. “É a mesma coisa quando me perguntavam se o Grêmio não ia cair. Vamos montar uma estrutura para dar a voltar por cima”.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Fora de casa, Inter perde de 1 a 0 para o Bragantino e fica sem vaga na Libertadores
Denis Abrahão destaca continuidade de Mancini em 2022: “Evolução ao longo dos jogos”
Deixe seu comentário