Romildo admite reajuste no bicho dos jogadores mas garante: “Muito inferior do que foi noticiado”

O presidente gremista falou em entrevista exclusiva para a Rádio Grenal na manhã desta quarta-feira

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Dupla em Debate desta quarta-feira (20) contou com a presença de Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio. Questionado pelos debatedores sobre diversos assuntos à respeito da atual situação do clube gaúcho, o dirigente foi cauteloso e explicou algumas situações que rondaram as notícias nos últimos dias.

Considerado como um ‘novo momento’, a chegada da nova comissão técnica liderado por Vágner Mancini, além de um novo departamento de futebol com Denis Abrahão para a função de vice-presidente, e Sergio Vasques para diretor de futebol, Romildo ressaltou a importância de criar situações para evitar “vencer uma e perder duas”.

Bolzan ressaltou as contratações do de Campaz, além de Mathias Villasanti. Muito elogiados pelo presidente, assim definiu: “São jogadores que foram diagnosticados, examinados suas características. Acho que contrataria de olhos fechados. Villasanti é um ‘box to box’, excepcional, raríssimo. Campaz acho tudo que tem sido dito sobre ele, muita qualidade”.

O presidente gremista também foi perguntado sobre as contratações de um novo zagueiro. Para a temporada que vem, Romildo garantiu o reforço de um novo jogador para a posição. Porém, para esta temporada tirou qualquer possibilidade da chegada de um novo defensor. “Temos aqui uma zaga que se encaixam como uma dupla perfeita (Geromel e Kannemann). Depois temos suplentes que é Ruan e Tonhão, ainda tem Paulo Miranda e jogadores da base”, completou.

Romildo Bolzan analisou ter sido necessário as alterações no Departamento de Futebol além da comissão técnica gremista. O presidente não deixou de agradecer os serviços prestados por Marcos Herrmann e Felipão, e elogiou a dedicação dos dois profissionais: “Felipão é um homem de alta dignidade. Marcos Herrmann é um homem íntegro, linear”.

Vágner Mancini desembarcou em Porto Alegre na última sexta-feira. Sua chegada foi definida por Romildo Bolzan como “aceita desde o início” pelo grupo de jogadores. Além disso, o presidente confidenciou uma das cláusulas impostas no contrato do treinador: “Mancini veio com tanto crédito e confiança, que também tem uma premiação caso chegue na Copa Libertadores. Ele pediu para pôr no contrato e isso mostra como está mobilizado”.

Confiando muito na retomada gremista no Campeonato Brasileiro, Romildo Bolzan Jr. esclareceu algumas coisas sobre divulgações envolvendo o bicho da comissão técnica e dos jogadores para caso conseguissem tirar o Grêmio da zona do rebaixamento. O presidente comentou ser algo normal no mundo do futebol, além de ser algo definido antes do início dos campeonatos na temporada. Romildo explicou ter tido um reajuste nos valores para servir de incentivos, além de mobilização de todos. Contudo, o presidente garantiu ser “muito inferior ao que foi noticiado”.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Seleção Brasileira Sub-18 convoca duas jóias das categorias de base do Grêmio
Saravia é liberado pelo STJD por expulsão e pode atuar contra o Red Bull Bragantino nesta quinta-feira
Deixe seu comentário