Reservas do Grêmio tem apagão em Recife e levam 5 do Santa Cruz


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

Um jogo para esquecer, mesmo sendo com os reservas. O Grêmio até teve desempenho razoável no primeiro tempo, mas se entregou na segunda etapa e conseguiu a proeza de levar 5 gols do Santa Cruz, já rebaixado à série B. Agora, a atenção volta novamente para a Copa do Brasil, com a decisão de quarta, na Arena.

Primeiro Tempo

O Tricolor foi à campo com apenas um titular para enfrentar o Santa Cruz. Pedro Rocha era o reforço do time alternativo que James Freitas comandava. O jogo era na casa do Santa que foi quem tomou a iniciativa de buscar o gol.

Logo aos 7′, o goleiro Leo fez boa defesa em chute de Keno dentro da área. Logo depois foi a vez do Grêmio responder. Negueba passou para Henrique Almeida que finalizou e parou numa boa defesa de Thiago Cardoso. Um minuto depois, novamente Henrique Almeida finaliza depois de bate-rebate na área e faz o gol. O auxiliar anula o gol que era legal.

O jogo seguiu com o Santa Cruz buscando mas o jogo por conta do apoio da torcida. O goleiro Leo trabalhou bastante em pelo menos 3 oportunidades criadas pelo timi coral. Os reservas do Grêmio até mantiveram um ritmo razoável durante o primeiro tempo, tentando a construção de jogadas, mas pecando no último passe muito por conta do desentrosamento.

Segundo Tempo

Se no primeiro tempo as equipes deixaram a desejar tecnicamente e em emoção, na segunda etapa pelo menos os gols saíram. E o foi o Santa quem abriu o placar, logo no terceiro minuto. Keno lançou Grafiti, às costas de Wallace Reis. O camisa 23 só escorou no canto de Leo, que não alcançou. 

Sem se abalar, o time gremista buscou descontar o empate com Bolaños. O equatoriano dominou na meia direita, tabelou com Pedro Rocha, entrou na área e bateu rasteiro para fazer o gol gremista e deixar tudo igual no Mundão do Arruda. 

Mas mesmo com o gol de empate, o Santa Cruz cresceu na partida e iniciou uma pressão que deixou o Tricolor mais atrás com suas linhas e priorizando o contra-ataque. E numa jogada de bola parada, o time coral ficou na vantagem novamente. João Paulo cruzou na área, Grafite desviou e Leo fez grande defesa. No rebote, o meio-campista desviou e o goleiro, caído, ainda tentou a defesa, mas a bola já estava dentro do gol.

O jogo seguiu e o que se viu foi uma das piores atuações do grupo gremista no campeonato. Sem poder de reação, o Tricolor teve uma apagão nos minutos finais de jogo. Foram três gols em 5 minutos de jogo. No terceiro, uma bela cobrança de falta de Roberto. O quarto gol, foi de Grafite. O centroavante recebeu passe na segunda trave e só escorou para o gol. E para fechar o caixão, Arthur arrancou pelo lado esquerdo, cortou para o meio e finalizou no canto de Leo. 

Comentários