Renato resume derrota contra Católica como “pior atuação deste ano” e justifica resultado com “falta de entrosamento”

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O técnico Renato Portaluppi se mostrou apático e com respostas curtas na entrevista coletiva após a derrota por 2 a 0 para a Universidad Católica. A equipe tricolor sofreu com os chilenos, que dominaram a partida e pressionaram o jogo todo.  Renato disse que o jogo foi “atípico” e resumiu o acontecimento em “tem dias que a noite vira dia”: “Foi a nossa pior atuação neste ano sob meu comando. E com certeza a melhor atuação da Católica no ano. Infelizmente não deu nada certo para a gente, e deu tudo certo para eles. Porque temos jogadores importantes, sete ou oito jogadores fora do time. E sempre falo que tenho um grupo, confio em todo mundo. Mas entrosamento é totalmente diferente. Pecamos na falta de entrosamento dos jogadores“.

A falta de conexão entre os jogadores, apontada por Renato como o principal motivo para a derrota ficou nítido nos dois gols da Universidad Católica, que aconteceram com dois minutos de diferença. Aos 44 minutos do primeiro tempo, o atacante Zampedri abriu o placa, e aos 46, já nos acréscimos, o meio-campista Pinares marcou o segundo. “Eu não lamento os desfalques, mas lamento o entrosamento da equipe. Não é fácil encarar uma Libertadores com sete ou oito desfalques importantes. Então sem duvidas eles fazem falta no entrosamento”, destacou Renato.

Mas para Renato, este não é momento de terra arrasada. Mesmo com a derrota, o tricolor é o segundo colocado no Grupo E, com quatro pontos, enquanto o rival Inter é o líder, com sete. Já Universidad Católica e América de Cali têm três pontos cada.”O Grêmio tem uma grande equipe, um grande plantel, chega em todas as competições e não vai ser diferente. Tivemos três apresentações, venceu fora, empatou o Grenal, que é sempre difícil, e hoje infelizmente perdemos. Agora temos três partidas em Porto Alegre: o Grenal no Beira-Rio e contra Católica e América na Arena. O líder é o Internacional, estamos três pontos atrás. Então tem muita coisa para rolar“, frisou o técnico.

O Grêmio retorna na tarde desta quinta-feira (17) a Porto Alegre. No final de semana, encara o Palmeiras, pela 11ª rodada do Brasileirão, às 16h de domingo, na Arena. Pela Libertadores, na quarta-feira (23), o tricolor terá pela frente um clássico Grenal, no estádio Beira-Rio.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Em noite para esquecer, Grêmio vai mal e perde para a Universidad Católica por 2 a 0
Após derrota tricolor na Libertadores, Thiago Neves faz provocação no Twitter
Deixe seu comentário