Renato reclama de pênalti em Everton após derrota no Centenário

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
RS - FUTEBOL/TREINO GREMIO - ESPORTES - Jogadores do Gremio realizam treino durante a tarde desta sexta-feira, na preparação para o Campeonato Gaucho 2020. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O técnico Renato Portaluppi fez reclamações sobre a arbitragem após a derrota e a perda do título do primeiro turno para o Caxias, neste sábado, no estádio Centenário. O treinador gremista criticou a não revisão de um lance de suposto pênalti em Everton.

“Eu vi o lance no vestiário. Foi pênalti. A pergunta que eu queria fazer ao Vuaden (Leandro) é por que ele não foi ver o lance. Eu respeito o Vuaden. Mas o VAR devia ter visto o lance. Foi pênalti. Tem o VAR, mas o arbitro não quer ver o VAR. Tem que acabar com essa mania do arbítrio do VAR decidir o que é”, declarou o técnico Renato.

Apesar da reclamação, o comandante gremista afirmou que o episódio não é desculpa pela derrota: “Perdemos, sem problema algum. Agora, um pênalti desses com o VAR não ter sido dado, então a gente não precisa mais do VAR. Hoje o Grêmio foi prejudicado. Não estou dando desculpa. Amanhã vai acontecer de novo, em um jogo de qualquer equipe. Deixam tudo para o cara do VAR, fica difícil”.

Com a derrota na decisão da Taça Ewaldo Poeta, o Grêmio agora buscará a vaga para a grande decisão do estadual no segundo turno. O próximo pelo returno ocorre no próximo final de semana, contra o Juventude, na Arena.

Confira outras declarações do técnico Renato Portaluppi:

 

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Caxias vence o Grêmio por 1 a 0 e conquista o primeiro turno do Gauchão
Sem Moisés, Inter inicia preparação para encarar o Tolima e Gustagol tem 1° treino
Deixe seu comentário