Renato Portaluppi comemora vitória conquistada em cima do Botafogo e coloca objetivo: “Buscar Libertadores direto”

Com o vitória, o Grêmio assumiu a sexta colocação e encostou no G-4

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O tricolor voltou a vencer na noite desta segunda-feira (8), contra o Botafogo. O placar da vitória foi elástico e agradou o técnico Renato Portaluppi: 5 a 2. Os três pontos deixavam o Grêmio mais próximo do G4 e, consequentemente, da vaga direta para a Libertadores 2021.

“Foi importante a vitória, a equipe se comportou bem desde o primeiro minuto. Fizemos os gols e não baixamos a guarda, continuamos em cima buscando liquidar a partida. Tivemos oportunidades e conseguimos fazer cinco gols. Lógico que quando atacamos bastante o adversário, deixamos espaços. Sofremos dois gols, o Botafogo teve algumas oportunidade, mas importante foi a intensidade da equipe durante os 90 minutos“, disse o técnico.

Com a vitória em cima do Fogão, o Grêmio chegou aos 56 pontos e está na sexta colocação, dois pontos atrás do São Paulo, que fecha o G-4. Mas nem tudo é elogio por parte do técnico Renato Portaluppi. O comandante tricolor também deixou claro a cobrança que faz a seus jogadores: “Não é porque vencemos por 5 a 2 que vou me contentar que está tudo bem, já falei para eles, tem coisas que precisamos melhorar para não cometermos certos tipos de erros. Andamos cochilando, tivemos falhas, que não podemos cometer. É bom que aconteça certos tipos de coisas para que não cometamos os mesmos erros na reta final do campeonato e da Copa do Brasil”.

“Foi importante essa vitória porque temos mais três jogos e o objetivo é buscar a Libertadores direto”, Renato Portaluppi

Os gols saíram dos pés de Alisson, Diego Churín, Jean Pyerre e Matheus Henrique, que marcou duas vezes. Os dois últimos, vinham sendo cobrados pela torcida pelo rendimento abaixo do esperado nos jogos anteriores. O treinador aproveitou para fazer elogios sobre a entrega a dupla durante a partida:

“Nem sempre o jogador vai jogar todo ano bem, às vezes cai de produção, mas isso é normal em qualquer time do mundo. Matheus é um grande jogador, fez dois gols, pisou na área, se aproximou dos atacantes. O Jean da mesma forma. Eu cobro muito dele. Hoje, ele fez gols, chutou, cabeceou, deu passes. Isso ele tem que fazer em todos os jogos. Os dois são muito importantes para a gente […] Eu cobro essas características de forma diária. Se eu faço isso, é porque ele tem capacidade para isso. Eu passo experiência para ele, procuro colocar ele da melhor forma em campo. É uma cobrança que eu insisto com ele, porque sabemos da criatividade dele, da inteligência. Já elogiei ele no intervalo e no final do jogo”, explicou.

O próximo compromisso gremista é no próximo domingo (14), contra o São Paulo, às 20h30, pela 36ª rodada do Brasileirão.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

De goleada, Grêmio vence o Botafogo por 5 a 2 no Rio de Janeiro
Vice de futebol do Grêmio nega qualquer negociação para retorno de Orejuela
Deixe seu comentário