Renato fala sobre estratégia usada contra São Paulo e valoriza vitória: “Pequena vantagem, mas nós temos a vantagem”

Grêmio pode até empatar a partida de ida, que se classifica para a final da Copa do Brasil

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A vitória do tricolor gaúcho em cima do São Paulo por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (23), no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, deixou o técnico Renato Portaluppi aliviado, sabendo que sua estratégia deu certo. Ciente de que enfrentaria o líder do Campeonato Brasileiro, comandado por Fernando Diniz, um dos técnicos que mais se destacou nessa temporada, Renato mudou a escalação convencional do seu time, e escalou Thaciano na ponta-direita ao invés de Ferreira.

“Sabíamos que seria difícil, como foi. Diniz faz um excelente trabalho. O São Paulo é líder e não à toa. Mas precisávamos competir. A mentalidade foi outra. O grupo se comportou bem. O que pedi na parte tática foi efetuado. Qualquer vantagem, não importa o tamanho, é bem-vinda […] Uma estratégia minha. Estudamos bem o São Paulo, que joga com quatro, cinco no meio de campo. Sou pago para pensar. A estratégia foi colocar o Thaciano ali. Ele nos ajuda bastante. O São Paulo não teve superioridade. Nos ajudou bastante, combateu. Ninguém conhece melhor os jogadores que o treinador. Foi a estratégia que deu certo”, explicou Renato.

Questionado sobre o camisa 10 tricolor, que não fez uma boa partida, Renato destacou a qualidade de Jean Pyerre, mas reforçou que existem detalhes que ainda podem ser melhor explorados pelo jogador: “Ele (Jean Pyerre) já melhorou muito nisso profissionalmente, mas ele tem de ser mais ativo. Eu, como treinador, falo isso porque senão até sobrecarrega os próprios companheiros dele no meio […] O diferenciado dificilmente gosta de marcar, prefere trabalhar com a bola no pé. E isso pode fazer a diferença para o lado e bom e para o negativo também”, disse.

Com o resultado, o tricolor gaúcho pode até empatar o segundo jogo que estará na final da Copa do Brasil. Caso o São Paulo vença por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis. Para Renato, o resultado desta quarta-feira contribui para o desafio da próxima semana: “Uma pequena vantagem, mas nós temos a vantagem. Houve a entrega do grupo. Hoje nós competimos”.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, às 21h30, no Morumbi. Antes, o Grêmio recebe o Atlético-GO, no domingo (27), às 20h30, pela 27ª rodada do Brasileirão.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Com gol de Diego Souza, Grêmio vence o São Paulo por 1 a 0 e abre vantagem no primeiro jogo da semifinal
Diego Souza marca gol da vitória sobre São Paulo e supera marcas na carreira
Deixe seu comentário