Quase dois anos depois, Inter coloca Zeca como moeda de troca e Santos quer adquirir Sasha


Por: Valeria Possamai,

Em abril de 2018, Inter e Santos finalizaram o acordo envolvendo a troca do lateral-esquerdo Zeca pelo atacante Eduardo Sasha. Na negociação, cada clube permaneceu com 50% dos direitos econômicos do atleta cedido. Quase dois anos depois, os times podem voltar a ter uma negociação, mas com cenários diferentes.

Na época, o lateral estava em litígio com o Santos. Caso que foi inclusive parar no Tribunal Superior do Trabalho (TST). O jogador foi à Justiça para solicitar a rescisão do contrato por conta de supostos atrasos no recolhimento do fundo de garantia. O atacante, emprestado pelo Inter ao clube santista, por sua vez, era solicitado com um contrato mais longo após se destacar no time da Vila Belmiro.

O negócio foi firmado entre os dois clubes e, agora, o Santos busca uma nova negociação. A intenção do peixe é adquirir a compra dos outros 50% restante do passe de Sasha. Na temporada, o jogador, cria das categorias de base do colorado, foi destaque na equipe de Sampaoli. Atuou em 37 jogos, tendo marcado 14 gols, além de 3 assistências.

Se por um lado, o atacante vem dando bom retorno ao Santos, por outro, o colorado busca dar novos rumos à Zeca. O jogador já possui status de moeda de troca e pode ser envolvido em alguma negociação. Em 2019, somou apenas 26 jogos, tendo ficado a maior parte dos jogos na reserva, após a perda de posição.

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

 

Comentários

>