Quarto árbitro explica expulsão de D’Alessandro na final do Gauchão


Por: Valéria Possamai,

Em entrevista ao programa Futebol Alegria do Povo, da Rádio Grenal, nesta sexta-feira, o quarto árbitro da final do Gaúcho, Daniel Nobre Bins, relatou os detalhes da conduta e os motivos pela expulsão do meia do Inter Alessandro, na decisão da última quarta-feira, na Arena.

“O D’Alessandro se excedeu na sua contestação, com dedo em riste e isso não podemos aceitar, por isso ele foi expulso. Devo destacar que em que nenhum momento ele me ofendeu, mas o seu comportamento foi inadequado”, explicou Daniel.

O árbitro negou que tivesse havido qualquer tipo de ofensa proferida pelo camisa 10, que estava no banco de reservas. Conforme Bins, D’Alessandro saiu da área de aquecimento e se dirigiu até ele para reclamar da marcação do pênalti. A forma veemente da reclamação foi o motivo pela expulsão do argentino. “Em nenhum momento o D’Alessandro me ofendeu. Ele saiu da sua área de aquecimento e ficou contestando a marcação da arbitragem de forma veemente, ele estava muito nervoso, com isso acabou sendo expulso.” 

Conforme a súmula da partida divulgada nesta quinta-feira, D’Ale ainda teria proferido as seguintes palavras contra à arbitragem “o que vocês deram, o que é isso, que palhaçada, vocês tem medo deles”.

Além do meia, posteriormente, o técnico Odair Hellmann também acabou expulso da área técnica por conta da contestação da marcação da penalidade máxima para o Grêmio.

A decisão do título terminou com vitória tricolor nos pênaltis, por 3 a 2. O time comandando por Renato Portaluppi sagrou-se campeão de forma invicta e ergueu a 38° taça do estadual.

Foto:(Divulgação/Reprodução)

Comentários

>