Com gol de pênalti no último minuto, Grêmio empata com Santos no jogo de ida das quartas de final da Libertadores

No último minuto de jogo, Diego Souza, de pênalti, deixou tudo igual na Arena

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
RS - FUTEBOL/CONMEBOL LIBERTADORES 2020 /GREMIO X SANTOS - ESPORTES - Lance da partida entre Gremio e Santos disputada na noite desta quarta-feira, na Arena do Gremio, valida pelas quartas de final da Conmebol Libertadores 2020. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Grêmio e Santos entraram em campo na Arena, na noite desta quarta-feira (9), em jogo válido pelas quartas de final da Copa Libertadores da América. O encontro marca o jogo de ida desta fase da competição. A partida de volta, está marcada para a próxima quarta-feira (9), na Vila Belmiro.

As duas equipes trouxeram uma surpresa para seus torcedores. Pelo lado tricolor, Jean Pyerre não estava nem entre os relacionados para a partida. Já pelo lado santista, o técnico Cuca não pode contar com o atacante Soteldo, que testou positivo para Covid-19 já em Porto Alegre, depois do teste exigido pela Conmebol para a partida.

1º tempo 

Apesar de dominar a posse de bola, o tricolor pouco criou na primeira etapa. A equipe santista se mostrou mais avançada e criativa para ir em busca do gol.  Logo aos cinco minutos, Matheus Henrique puxou a camisa de Jobson em uma tentativa de roubada de bola e levou cartão amarelo.  Aos oito, foi a vez de Maicon ser amarelado pelo árbitro. O capitão tricolor fez falta em Diego Pituca, no meio-campo. Mesmo com poucas chegadas efetivas de ambos os lados, o primeiro gol da partida saiu dos pés de Kaio Jorge, para o Peixe. Pará fez o cruzamento da direita, e Vanderlei saiu errado para afastar a bola. Com o goleiro mal posicionado na jogada, Felipe Jonatan cabeceou na sobra.  Kaio Jorge apareceu no meio do caminho para desviar e abrir o marcador.

Após o gol, Jobson e Pinares se estranharam na beirada do gramado, gerando um pequeno tumulto com os dois times. Momentos depois, o árbitro chegou a expulsar o meia tricolor por uma divida com Diego Pituca. No entanto, com a revisão do VAR, a expulsão foi anulada e Pituca levou cartão amarelo. Os três minutos de acréscimos ainda foram suficientes para mais um cartão nesta primeira etapa. Diogo Barbosa, fez falta em Lucas Braga, que tentava puxar o contra-ataque e foi amarelado.

2º tempo 

Empolgada com o primeiro gol, a equipe santista começou pressionando logo nos primeiros minutos da segunda etapa. Com marcação em blocos e em velocidade, dominou a posse de bola e criou chances. O técnico Renato Portaluppi subsistiu Kannemann por David Braz, e foi justo com o zagueiro que havia acabado de entrar, que o Grêmio assustou pela primeira vez no segundo tempo. David Braz recebeu cruzamento na segunda trave, subiu mais que Pituca, mas cabeceou para fora, desperdiçando a chance em que o goleiro John estava mal posicionado.

O tricolor seguiu ameaçando a equipe paulista, e mais uma vez David Braz assustou o goleiro John. De falta, o zagueiro mandou uma bomba no gol, obrigando o goleiro santista a fazer uma bela defesa. Um minuto depois, Diego Souza recebeu  cruzamento e cabeceou firme no gol. John caiu para agarrar a bola. Aos 32 minutos, Renato tirou Pinares para colocar Everton Cardoso. Mesmo com o Santos dominando a posse de bola, o tricolor conseguiu criar jogadas para chegar mais à área adversária. Buscando ameaçar ainda mais o adversário, Victor Ferraz deu lugar a Diego Churín.

O Grêmio foi crescendo na partida, com nove escanteios cobrado e, faltando poucos minutos para o fim da partida, Ferreirinha cruzou da direita, mas a bola explodiu na marcação e foi para fora. Aos pedidos de pênalti, o árbitro consultou o VAR e após rever o lance, marcou toque de mão de Vinicius Baliero. Coube a Diego Souza resolver. O centroavante do Grêmio bateu forte no canto de cima do gol de John, que caiu para o outro lado. Fim de papo na Arena! Tudo igual no primeiro jogo das quartas de final. Grêmio 1 x Santos.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Minuto a minuto: Grêmio x Santos
“Mais 90 minutos”: Renato reconhece atuação abaixo do esperado contra Santos, mas aposta na partida de volta
Deixe seu comentário