Presidente do Grêmio vê perspectiva de retorno do Gauchão servindo como “laboratório” ao futebol nacional

Previsão é que o Estadual retorne entre julho e início de agosto

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
RS - FUTEBOL/GREMIO - ESPORTES - Jogadores do Gremio realizam treino fisico durante esta quinta-feira na preparação para o retorno do futebol. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Com a aprovação da proposta de retomada do Campeonato Gaúcho, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., vê o planejamento de possibilidade para sequência dos jogos seguindo como referência para os demais torneios regionais, diante do cenário do novo coronavírus.

Com a perspectivava de retorno entre julho e início de agosto, na avaliação do mandatário, a disputa do estadual servirá como uma espécie de ‘laboratório’: “O Campeonato Gaúcho talvez vai ser o laboratório de todos os campeonatos regionais, porque está muito mais adiantado. E vai ser uma experiência importantíssima a ser feita. Pela primeira vez no país se farão os jogos com este tipo de monitoramento. Acho que temos uma situação bastante importante, de muita responsabilidade. O campeonato gaúcho vai dar a demonstração de que se pode fazer futebol seguro”.

Em meio à pandemia da Covid-19, os clubes terão de seguir um protocolo médico antes do reinício da competição. Algo já cobrado no retorno aos treinos, como o caso do Grêmio, pelas autoridades governamentais e de saúde. Dianto do cenário incerto da doença, o presidente gremistas declarou que já a ciência por parte dos times que a competição possam ser realizada em sedes.

“O que eu vejo do Campeonato Gaúcho,  está clara a ideia de que se não for amenizado os focos, se possa fazer uma ou duas praças que possam recepcionar todos os demais. Tem que ter o financiamento de transporte dos clubes. Se a FGF tiver suporte, seria fantástico. A outra alternativa é que os ambientes do RS possam nos dar conforto e jogar nas praças nas quais são os jogos. Se tiver segurança em locomoção, logística, habitação principalmente. Mas o tempo vai dizer. Está no cenário de todo mundo jogar em praças reduzidas para que possamos concluir o campeonato”, declarou Bolzan.

Na última quarta-feira (13), em reunião virtual, foi aprovada a proposta que a FGF apresentou aos clubes para a retomada do Gauchão Ipiranga 2020. Com aceitação unânime entre os 12 dirigentes, o documento será encaminhado ao Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul, Ministério Público (MP-RS) e Secretaria Nacional de Esportes para validação.

As deliberações sugeridas pela Federação Gaúcha de Futebol observam a aplicação do protocolo de segurança desenvolvido pela entidade e a realidade econômica dos times que disputam a competição.

Entre as readequações estão:

Período-base para retomada da competição entre metade de julho e início de agosto;

– Contratações livres (salvo casos de atletas que já atuaram na edição deste ano do Gauchão);

– Nenhuma equipe rebaixada este ano e quatro descensos em 2021.

A data para a retomada da disputa do campeonato estadual acompanhará a definição do calendário do futebol brasileiro e estará condicionada à liberação dos órgãos governamentais e autoridades sanitárias. Suspenso desde 16 de março, há três rodadas da Taça Francisco Novelletto Neto (2º turno) pendentes, além dos confrontos de semifinal e final. Caso o vencedor não seja o Caxias (campeão do 1º turno), haverá, ainda, a disputa da finalíssima.

Visita ao CT Luiz Carvalho

Sendo pioneiro na retomada do futebol a partir dos procolos de segurança, o presidente Romildo Bolzan foi ao CT Luiz Carvalho, nesta quinta-feira, para conferir as estruturas montadas para o retorno dos jogadores. Acompanhado do vice de futebol Paulo Luz, o presidente foi recepcionado pelos médicos Márcio Dornelles e Gabriel Severo, que o apresentaram todas as estações de avaliação e trabalho.

 

 

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

“Há uma questão que é básica e fundamental: a vida humana”, diz Beto Carvalho, Diretor-executivo de marketing do Grêmio
Musto comemora volta aos treinos, seguindo os protocolos de segurança
Deixe seu comentário