Presidente do Caxias lamenta a saída de seus principais jogadores ao final do Gauchão

O presidente do Caxias, Mauricio Grezzana, lamentou a inevitável saída de seus principais jogadores ao final do campeonato Gaúcho de 2017, em virtude dos contratos curtos realizados no início da temporada. O Caxias, assim como outros clubes do interior do RS, negocia vínculos de pouca extensão porque não tem competições o ano todo para manter os atletas.

Assim, destaques como o meia Wagner, o volante Eliezer e o centroavante Gilmar sairão a ”custo zero” e sequer poderão render algo ao clube.

Acompanhe a entrevista para o programa ‘Conversa de Arquibancada’:

Comentários

comments