Presidente Alessandro Barcellos fala em acerto ao manter Abel no comando: “Com o grupo que temos e nosso treinador, tem uma química”

Foto: Ricardo Duarte / S.C.Internacional

Em exclusiva concedida à equipe da Rádio Grenal na manhã desta terça-feira (19) o presidente do Inter, Alessandro Barcellos, comentou sobre a decisão tomada de manter Abel Braga, as especulações sobre um possível interesse em Edenílson e Patrick e outras questões institucionais do clube.

Alessandro falou sobre ter acertado na decisão de manter o técnico Abel Braga no comando da equipe colorada:

“Eu tenho a convicção que acertamos. Apesar de termos tido uma ideia de jogo no nosso projeto, sabemos que com o grupo que temos e nosso treinador, tem uma química. Isso vem nos entregando uma condição de briga pelo título.”

“Nós encontramos um vestiário unido, um trabalho em evolução. O Abel pegou uma equipe que vinha em um sistema diferente, depois que ele conseguiu implementar seu modelo de jogo as coisas começaram a acontecer.”

Acerto com o Abel que veio no início do ano, quando se tinha incerteza quanto a permanência do técnico campeão do mundo pelo clube. Mas não é certa a permanência do comandante após o final da temporada, já se especula desde antes da vitória de Alessandro Barcellos, um acerto com o técnico espanhol Miguel Ángel Ramírez. O que já foi negado pela direção colorada diversas vezes.

O presidente também comentou a situação de Edenílson e Patrick, que estão no meio de especulações sobre uma possível ida para o Atlético-MG:

“Ambos tem contrato com o Inter, não tem nenhuma sondagem e nem movimento do Atlético-MG e de nenhum outro clube. Não trabalhamos com essa possibilidade no momento.”

Alessandro Barcellos ainda comentou sobre uma uma possível redução de gastos no clube:

“Isso seria um passo importante no futebol brasileiro. Infelizmente tem clubes que acabam fazendo grandes investimentos e acabam com dívidas para serem pagas e existem clubes que fazem seu dever de casa.”

“Não basta ter um plano de redução sem dizer aonde vai ser. Queremos chegar no conselho deliberativo em março com um orçamento em que possamos arcar com os custos. Não adianta botar uma meta lá em cima.”

O Inter entra em campo nesta quarta-feira (19), às 21h30, contra o São Paulo no Morumbi. O Inter poderá ser líder se vencer a partida, ultrapassando o próprio São Paulo.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

”Pensamento de título existe e vamos lutar jogo a jogo”, ressalta Patrick
Semana Grenal: contra o São Paulo, Inter soma três titulares pendurados e preocupa para o clássico
Deixe seu comentário