Preparação para a decisão e melhora do estado anímico do grupo: confira a coletiva de Lisca


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

Fazia tempo que o Internacional não passava por uma situação tão terrível quanto foi essa última semana, ou até a temporada como um todo. Mas em destaque, a semana do colorado foi difícil e agora há de buscar forças para lutar pelo permanecimento na série A contra o Fluminense e torcer para o Sport não ganhar do Figueirense.

Depois do treino deste sábado, o técnico Lisca concedeu entrevista coletiva e disse que vai depender dos jogadores a escalação para a decisão do próximo domingo. ”A cabeça já estava difícil pela nossa situação dentro da competição e agora preciso reanimar os jogadores para fazer o nosso papel contra o Fluminense”.

No treinamento, as atividades foram de recreação e pode-se ver o grupo brincando bastante. Apesar da pressão, entende que está em situação mais tranquila entre todos.

”Eu fico triste pelos jogadores, que adoram, amam o que fazem, mas estão sem força para trabalhar. Faz duas semanas que estou aqui. Estou muito mais leve. Não fiz todas as viagens que eles fizeram. Mas o tempo é senhor das ações. Que eles possam no coração deles estar preparados para jogar. Vamos com calma. As coisas ocorrerão e as decisões serão tomadas. Respeito a opinião deles. Eles estão em 30. Se fecharam e passaram. Eu respeito”, concluiu. 

Para escolher os onze titulares que irão a campo no dia 11, o técnico levará em consideração a situação psicológica. “Vou analisar o estado anímico, daqueles que se apresentam melhor e sentem mais condições de estarem motivados para atuar”, projetou. “Os que não estiverem estão no seu direito”.

Ouça a coletiva completa do treinador: 

 

Comentários