Porto faz proposta por Pepê mas presidente Romildo garante ”Não será vendido”

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Mais uma vez o atacante Pepê despertou interesse do futebol europeu. Depois de Wolverhampton e Atalanta, foi a vez do Porto, de Portugal fazer uma ofensiva para a contratação do jogador. Mas apesar do grande interesse dos portugueses no jovem de 23 anos, o Grêmio se mantém firme na promessa de não negociar ninguém até o fim da temporada 2020.

Em conversa com a reportagem da Rádio Grenal, o  presidente Romildo Bolzan Jr., garantiu que “Pepê não sai”. Segundo o mandatário tricolor, o primeira aceno de valor do Porto foi baixo, até aquém dos €10 milhões divulgados pela imprensa portuguesa.

Novas informações apuradas nesta quarta-feira (30) dão conta de que o Porto estaria disposto a oferecer €15 milhões (cerca de R$ 99 milhões na cotação atual). Mais uma vez contatado pela pela reportagem da Rádio Grenal, Romildo garantiu que não recebeu essa proposta.

Em agosto deste ano, o tricolor renovou o contrato do atacante até 2024. O Grêmio é dono de 70% dos direitos econômicos do atleta. Isso garantiria um valor expressivo para os cofres do clube em caso de venda, em torno de R$ 69 milhões.

Em diversas oportunidades a diretoria gremista já deixou claro que não venderia mais jogadores nesta temporada, principalmente Pepê, substituo natural de Everton Cebolinha. Além disso, em caso de venda, o clube precisaria ir ao mercado em busca de um novo nome, o que aumentaria a lista de reforços buscados para o complemento da temporada.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grêmio inicia treinamentos com foco no clássico Grenal
Dupla Grenal conhece nesta quinta-feira adversários das oitavas de final da Copa do Brasil
Deixe seu comentário