No Beira-Rio, Inter busca a reabilitação em casa contra o Fluminense. Acompanhe;


Por: elainecordeiro,

Em má fase desde a perda do título da Copa do Brasil para o Athlético-PR, em meados de setembro, o Internacional passa por dificuldades no Campeonato Brasileiro. Frequentador assíduo do G-4 – grupo que avança diretamente à fase de grupos da Copa Libertadores -, o clube gaúcho perdeu jogos, como para o Ceará na última quinta-feira (7), caiu na tabela de classificação e atualmente ocupa a oitava posição, fora da competição continental. Por isso, uma vitória sobre o Fluminense, neste domingo, no estádio Beira-Rio em Porto Alegre, pela 32ª rodada, é fundamental.

Com 46 pontos, o Inter começou a rodada com dois a menos que o Corinthians. O Flamengo pode ajudar se conquistar o título da Libertadores no próximo dia 23, mas ninguém no clube quer contar com essa hipótese por enquanto. O objetivo é voltar a jogar bem e vencer os jogos que restam neste final de campeonato, especialmente os dentro de casa – não ganha no Beira-Rio há um mês e meio.

“A decepção é grande, mas temos de olhar para frente. São quatro jogos em casa, não tem nada perdido”, diz o técnico Zé Ricardo. “Temos de nos fazer impor dentro de casa para que possamos ser abraçados pela torcida para conquistar os três pontos neste domingo, contra o Fluminense. Chamar o torcedor nesse momento é difícil, mas gostaria de fazer uma força todos nós, os colorados envolvidos, para fazermos um jogo melhor”, reforçou.

Para a partida contra o Fluminense, Zé Ricardo terá que utilizar a quinta escalação diferente desde que foi contratado. O volante Edenilson, o atacante uruguaio Nico López e o goleiro Marcelo Lomba, desfalques por suspensão contra o Ceará, estão de volta.

Em quatro jogos, o treinador conta com apenas uma vitória – foi na estreia pelo clube, no triunfo por 3 a 2 sobre o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Na sequência, empatou em casa com o Athletico-PR por 1 a 1 e sofreu duas derrotas em sequência por 2 a 0, diante de Grêmio e Ceará.

Equipe técnica

Inter
Marcelo Lomba; Heitor, Victor Cuesta, Bruno Fuchs e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, D’Alessandro, Willian Pottker e Nico López; Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Fluminense
Muriel; Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Yuri, Daniel e Ganso; Marcos Paulo e Yony González. Técnico: Marcão.

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques (PR).
Auxiliares: Bruno Boschilia e Ivan Bihn (PR).
Árbitro do VAR: Paulo Roberto Alves Júnior (PR).

Acompanhe pela Rádio Grenal 95.9 FM – www.radiogrenal.com.br

Comentários

>