Por que as mulheres estão se interessando cada vez mais por futebol?

O próprio futebol feminino tem crescido nos últimos anos

Foto: Divulgação / Internet

Recentemente, um número cada vez maior de mulheres vem se interessando pelo futebol, e o motivo talvez seja um pouco diferente do que você imagina. A verdade é que hoje em dia existem diversas oportunidades surgindo dentro do mundo futebolístico, inclusive oportunidades para se divertir muito, de diversas formas diferentes.

Por exemplo, atualmente é muito fácil encontrar plataformas de apostas online, dos mais diferentes tipos. Sites como os de apostas, inclusive, oferecem promoções e ofertas, para que você receba seu código bônus Bet365.

Mas fazer apostas não é a única forma possível de se divertir com o mundo futebolístico. Atualmente, muitas mulheres estão procurando diversas formas de investimento nesse setor.

Por se tratar de um mercado que está sempre em constante expansão, e que gera muito dinheiro todos os anos, investir em um time de futebol é uma boa pedida. Atualmente, isso tem se tornado cada vez mais fácil, principalmente com a chegada das criptomoedas e dos ativos digitais.

Recentemente, diversos clubes brasileiros lançaram tokens não fungíveis através das blockchains, conhecidos como NFTs. Esse tipo de ativo é, na verdade, um item colecionável, por assim dizer, que possui real valor de mercado, sendo rotineiramente negociado por preços altos.

São essas novas oportunidades que vêm atraindo cada vez mais mulheres para o setor futebolístico, já que elas perceberam que é possível se divertir muito com o esporte, de forma indireta. Mas isso não quer dizer que as mulheres também não se interessem pelo futebol, muito pelo contrário.

Mulheres e futebol: uma história de amor

Assim como existem muitos torcedores homens, que são verdadeiramente fanáticos pelos clubes pelos quais torcem, também existem torcedoras femininas que agem da mesma forma. Entretanto, muitas mulheres que gostam de futebol geralmente aprenderam a gostar do esporte por conta de suas figuras paternas.

Mas essa é uma verdade que vem se tornando cada vez menos frequente. Por conta da evolução da sociedade moderna, que se tornou mais inclusiva e menos machista, um número cada vez maior de mulheres tem se interessado por esportes e atividades que antes eram consideradas exclusivamente masculinas.

Para quem viveu no começo dos anos 2000, na escola era sempre a mesma história: meninos jogando futebol e meninas jogando vôlei, ou brincando de pular corda. Mas atualmente as coisas estão ficando bem diferentes, e vem evoluindo de forma bastante positiva.

Um número cada vez maior de mulheres tem se interessado pelo futebol, e não apenas isso, o próprio futebol feminino tem crescido bastante nos últimos anos. Na verdade, o futebol feminino enfrentou, por muitos anos, problemas relacionados ao machismo e discriminação.

A equipe feminina da Seleção Brasileira de Futebol, inclusive, tem um número alto de títulos, tanto quanto a seleção masculina, mas ainda assim não recebe igual atenção por parte da mídia.

Tudo o que podemos fazer é esperar que, no futuro, o sonho de diversas mulheres, de se tornarem esportistas futebolísticas, não seja atrapalhado por conta do machismo nos esportes. Mas, até isso acontecer, temos que continuar incentivando um número cada vez maior de mulheres a se interessarem pelo setor esportivo, não apenas pelo futebol, mas por diversos outros esportes também.

Voltar Todas de Futebol

Compartilhe esta notícia:

Os melhores jogadores do futebol gaúcho e o que esperar deles para 2022
Afinal de contas, um estádio lotado altera o resultado do jogo?
Deixe seu comentário