“Poderia ser uma final”, diz Renato Portaluppi sobre a decisão contra o Flamengo, na Libertadores


Por: Valéria Possamai,

Neste domingo, o Grêmio entrou em campo pela última vez antes do enfrentamento contra o Flamengo, na disputa pelas semifinais da Copa Libertadores. No Maracanã, o tricolor perdeu por 2 a 1 para o Fluminense, com reservas. Após o revés, a decisão na Copa Continental foi pauta na entrevista coletiva do técnico Renato Portaluppi.

Apesar de estar no Rio de Janeiro, o pensamento já estava em outro carioca: o Flamengo. Nesta quarta-feira, o tricolor gaúcho recebe o Mengão pelo jogo de ida em busca de uma vaga às finais da Libertadores. Deixando de lado a questão de quem é o favorito, o técnico gremista fez questão de destacar o nível do enfrentamento pelas semifinais.

“O Flamengo tem uma grande vantagem: o Flamengo buscou os melhores. Se fosse fazer um jogo deles contra a Seleção Brasileira seria duríssimo. Eles tem 7, 8 jogadores de nível seleção. Vão ser dois grandes jogos. Duas equipes que buscam o gol e que não vão mudar sua maneira de jogar. Infelizmente só um vai passar. Poderia ser uma final”, afirmou Renato.

Após a partida pelo Brasileiro, o grupo de jogadores já retornou a Porto Alegre e junta ao restante da equipe, que permaneceu na capital gaúcha se preparando para o duelo. Com o revés no Maracanã, o Grêmio se manteve na 7ª colocação, estacionando nos 34 pontos.

Nesta segunda-feira, às 15h, esta marcada a representação do elenco, no CT Luiz Carvalho, com parte fechada. Na quarta-feira, o tricolor inicia mais uma decisão para manter vivo o sonho pelo Tetracampeonato. A partida está marcada para às 21h30, na Arena.

Foto:(Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Comentários

>