Perto de anúncio, saiba como será a transferência de Pepê ao Porto

Pepê está muito perto de se transferir ao Porto (POR) e Grêmio detém 70% dos direitos do jogador

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Titular da ponta esquerda e detentor da camisa 25 do Grêmio, Pepê está muito perto de ser anunciado pelo Porto (POR) nos próximos dias. A negociação gira em torno da casa dos 15 milhões de euros (R$ 98 milhões na cotação atual) e o jogador se mudaria para Portugal apenas na metade de 2021, quando abre a janela do meio do ano na Europa.

Grêmio e Porto vem negociando alguns adendos na transferência do ponta, por conta de sua apresentação apenas daqui cerca de quatro meses. Será pago pelo tricolor um seguro caso o atacante venha a se lesionar gravemente ou caso se infecte pelo vírus da covid-19, que tem reduzido o rendimento de atletas em alguns casos.

Este tipo de negociação é comum quando se trata da compra de jogadores para a Europa e o mesmo permanece determinado tempo no país antes de se apresentar no novo clube. O seguro beneficia e protege ambos os times de terem prejuízos e o acordo já teve presente em negociações como a do jovem Antony, do São Paulo para o Ajax, da Holanda, e Pedrinho, do Corinthians, para o Benfica, de Portugal.

O tricolor gaúcho detém 70% dos direitos de Pepê (cerca de R$ 68 milhões), e o restante pertence ao Foz de Iguaçu, clube que revelou o atleta. Ainda, o Grêmio permanecerá com 12,5%, percentual conhecido como “plusvalia”, em caso da primeira transferência do jogador após o Porto.

Pepê permanece em Porto Alegre até entre Junho ou Julho, e com isso, estará disponível para enfrentar o Palmeiras nas finais da Copa do Brasil 2020, marcada para os dias 28 de fevereiro e sete de março.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Com bom momento no Ceará, Léo Chú deve ser aproveitado pelo Grêmio em 2021
Súmula da partida relata agressão de zagueiro colorado em preparador de goleiros do Sport
Deixe seu comentário