Pelo Brasileirão, o Inter empatou com o Palmeiras em 1 a 1 no Beira-Rio


Por: fabriciaalbuquerque,

O Inter segue invicto em casa no Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (29), o Colorado recebeu o Palmeiras e as duas equipes empataram em 1 a 1. Os gols foram marcados por Patrick, pelo time gaúcho, e William, anotou para o Verdão.

No primeiro tempo o Inter foi proponente. Com mudanças no time titular devido aos desfalques, o técnico Odair Hellmann promoveu a titularidade de garotos na defesa e a entrada de Rafael Sóbis no ataque. Contudo, alguns velhos nomes mostraram seu valor: Patrick e Nonato conduziam o meio-campo colorado.

Aos poucos o Inter foi criando as chances. Patrick tentou de bicicleta, mas o goleiro Weverton defendeu. Pela esquerda, Uendel saiu cara a cara com o goleiro do Verdão e perdeu a chance de abrir o marcador.

Eis então que a mescla de Odair surtiu efeito. Nico López e Heitor tabelaram pelo lado da área, até a bola ser cruzada na direção de Patrick, que abriu o marcador no Beira-Rio.

Segundo tempo

O Inter voltou buscando o jogo mas, aos poucos, o Palmeiras foi crescendo. No intervalo, o técnico Mano Menezes promoveu a entrada de William e, logo aos 13 minutos, a troca deu resultado.

Da direita, uma bola cruzada e mal afastada pela defesa colorada caiu nos pés do atacante que, de primeira, fuzilou marcando um belo gol para o time paulista.

O Inter precisava mudar. Odair sacou Nonato para a entrada de Wellington Silva. A decisão do treinador foi vaiada pela torcida que queria a permanência do meia.

Aos 20, Lomba salvou. Uma falta da ponta direita, Bruno Henrique bateu, a bola desviou após a cabeçada de Victor Hugo em direção a meta e o goleiro colorado fez uma bela defesa para evitar a virada do Palmeiras.

Com o gol, o Palmeiras cresceu, mas não o suficiente, e o Inter conseguiu reequilibrar a partida.

Até que aos 39, Bruno Fuchs sentiu e teve de deixar o campo. Klaus entrou e logo no primeiro lance, o zagueiro disputou com William, o atacante adversário ganhou a disputa, Borja invadiu a área, passou e Bruno Henrique virou. Entretanto, o gol não foi validado.

Na disputa, a bola bateu na mão de William, e no VAR (árbitro de vídeo), o gol não foi confirmado. Com toda a paralisação, o árbitro deu 6 minutos de acréscimo.

Nesse tempo, o Inter não conseguiu se impor e as chances eram criadas pelo Palmeiras, mas também sem muita criatividade e a partida terminou empatada. Com o apito final, vaias e algumas críticas foram ouvidas por parte da torcida dona da casa.

Na próxima rodada o Inter volta a campo contra o Cruzeiro, fora de casa, no sábado (5), às 21h.

Ficha técnica

Internacional: Marcelo Lomba; Heitor, Bruno Fuchs (Klaus), Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson e Nonato (Wellington Silva); Nico López Rafael Sóbis (Pedro Lucas) e Patrick. Técnico: Odair Hellmann.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vítor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa (Lucas Lima); Dudu, Luiz Adriano (Borja) e Hyoran (Willian). Técnico: Mano Menezes.

Arbitragem: Braulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC).

VAR (árbitro de vídeo): Wilton Pereira Sampaio (GO).

Comentários

>