Paulo Luz reclama de decisões da arbitragem: “estava condicionada, comprometida”

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Após o empate sem gols contra o São Paulo neste sábado (17) no Morumbi, pela 17ª rodada do Brasileirão, o Grêmio se mostrou descontente com as decisões da equipe de arbitragem durante a partida. Em entrevista coletiva, o vice de futebol tricolor, Paulo Luz, criticou o árbitro Rafael Traci. O dirigente considerou a atitude da arbitragem como “vergonhosa” e trouxe diversas vezes a palavra “assalto”.

O que teve aqui hoje foi uma arbitragem calamitosa, vergonhosa, que acabou por tirar três pontos do Grêmio. Fomos de forma desavergonhada lesada pela arbitragem aqui no Morumbi”, destacou Paulo Luz.

As críticas são por dois lances em que o Grêmio vê como pênaltis não marcados. Primeiro, aos seis minutos de jogo, Pepê recebeu em velocidade na entrada da área e caiu na área em dividida com o lateral-esquerdo Reinaldo. Apesar das reclamações, Traci nada marcou. Aos cinco do segundo tempo, o Grêmio ergueu uma bola na área do adversário, Geromel disputou o lance com o mesmo Reinaldo, e Kannemann finalizou para fora, desequilibrado. O capitão tricolor pediu pênalti do lateral, Traci negou e ainda mostrou-lhe o cartão amarelo.

Paulo Luz chegou a levantar a dúvida sobre as decisões terem sido reflexo da ida de uma comitiva do São Paulo na CBF, com a presença até do coordenador técnico do tricolor paulista Raí,  para discutir com o presidente da comissão de arbitragem, Leonardo Gaciba. A conversa entre o clube paulista e o dirigente da entidade, na visão gremista, influenciou no que ocorreu no Morumbi. Paulo Luz acredita que Traci teve participação no resultado da partida.

“O senhor Rafael Traci foi árbitro do VAR em um jogo entre Atlético-MG x São Paulo e teria anulado um gol do São Paulo, orientando o árbitro de campo. O executivo do São Paulo, senhor Raí, com um diretor do clube, esteve na quinta-feira com o Gaciba. Desde aquele dia, a arbitragem estava condicionada, comprometida“, ressaltou o vice de futebol.

Ainda, o dirigente assegurou que o clube irá levar esse acontecimento a instâncias maiores para evidenciar o descontentamento e provar seus pontos sobre a má atuação da arbitragem: “Certamente iremos tomar uma posição muito dura, contundente, veemente. O que aconteceu aqui hoje foi uma vergonha nacional, que coloca o campeonato sob suspeição”.

O empate traz um ponto a mais pra o Grêmio, que fica na 10ª colocação na tabela com 21 pontos.  Na próxima rodada, o Tricolor enfrenta o Athletico-PR. A partida será disputada no domingo (25), às 18h15, na Arena da Baixada.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Com polêmicas na arbitragem, Grêmio e São Paulo empatam em zero a zero
Após polêmicas com a arbitragem, presidente gremista pede anulação da partida contra o São Paulo
Deixe seu comentário