OPINIÃO: Por que Pottker por Maurício é o negócio do ano para o Inter

Meia de 19 anos assinou com o colorado até 2025

Foto: Douglas Magno/Light Press/Cruzeiro

*Por Nícolas Wagner

Ao concretizar junto ao Cruzeiro a troca de William Pottker por Maurício, o Inter fez seu negócio do ano. Por mais que tenha gastado com o abatimento de uma dívida do clube mineiro com o empresário André Cury, o colorado tem diversos benefícios por meio dessa negociação.

Não havia mais clima para Pottker no Beira-Rio. E não foi por falta de oportunidades. Contratado pelo Inter em 2017, ele teve seu melhor momento justamente nesta temporada, na disputa da Série B. Por esse aspecto, inclusive, o atacante pode dar certo em Belo Horizonte. Mas de 2018 para cá, as lesões fizeram com que ele não tivesse sequência. Quando jogou, produziu pouco, ficando marcado pela correria desenfreada, sem levantar a cabeça, e pouca produção técnica.

Até era possível imaginar que, com o técnico Eduardo Coudet, Pottker poderia deslanchar com a camiseta colorada. Em um time agressivo, que joga no campo do adversário, poderia canalizar sua força para os últimos metros do campo. Mas não deu certo. Estando à disposição, seria utilizado, como estava sendo, até pela carência no elenco. Já em final de contrato, dar-lhe um novo destino, que quase foi a Turquia, era inevitável. Para a sorte do Inter, surgiu o interesse de Felipão de levá-lo para o Cruzeiro.

O mérito colorado é ter conseguido amarrar no negócio o meia Maurício, de 19 anos. Consegue não só se desfazer, com possibilidade de lucro futuro, de um jogador sem clima para permanecer, mas também traz outro com grande potencial e em uma posição muito carente após a grave lesão de Boschilia.

Importante observar que Maurício não é um camisa 10, um armador clássico. É um meia canhoto que atua preferencialmente pelos lados. Encaixa no modelo de jogo de Eduardo Coudet, para fazer os lados da linha de três meias atrás dos dois atacantes. Por ser um garoto, vai oscilar. Mas é uma opção bem interessante para, inclusive, brincar por titularidade com Marcos Guilherme, embora com outra característica. Além disso, com 40% do passe do atleta e contrato longo, o Inter tem tudo para lucrar em uma futura venda, até levando em conta que Maurício deve ser titular da Seleção Brasileira no Sul-Americano sub-20 que se avizinha.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Capa Nacional e Internacional

Compartilhe esta notícia:

Tite convocação seleção brasileira e tem retorno de Vinicius Júnior, Arthur e Militão
Pottker tem nome registrado no BID e já treina com o grupo do Cruzeiro
Deixe seu comentário