“O nosso foco é decidir até sexta-feira o retorno do Gauchão”, diz Luciano Hocsman, Presidente da FGF

Foto: Site Oficial/FGF

Terminou a reunião da CBF realizada na tarde desta terça-feira (28) sobre a situação dos campeonatos estaduais. A entidade publicará uma data de previsão/recomendação para retorno dos treinos e jogos. A Federação Gaúcha de Futebol primeiro irá alinhar com o governo do Estado a possibilidade e se realmente é possível retomar às atividades. Somente após essa avaliação tomará medidas. “Com relação à possibilidade do reinício das competições, foram colocados os cenários. Nas próximas horas, farão uma publicação sobre a retomada, respeitando as particularidades de cada estado. As nossas sugestões estavam alinhadas com o que a CBF pretendia. Nós precisamos ter mais uma conversa com o governador, as prefeituras e os clubes para definir o cronograma da retomada”, explica o presidente da FGF, Luciano Hocsman em entrevista exclusiva a Rádio Grenal logo após a reunião.

Como todos sabemos o futebol mundial está paralisado por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus. Algumas competições foram finalizadas já que não existe uma data para que a situação de saúde pública normalize. E por isso, a preocupação referente aos campeonatos estaduais, isso inclui o Campeonato Gaúcho, aumentou. O retorno do Gauchão também dependerá da CBF e o objetivo é que até sexta-feira (1º) a entidade tenha uma posição clara sobre o pedido da FGF. “A sensação é de que quanto mais se prorrogar a situação de distanciamento social, pode dificultar a volta do futebol. O nosso foco é decidir até sexta-feira o retorno do Gauchão. O fato de nós termos marcado a reunião na sexta-feira é justamente por já ter virado o mês, e assim a CBF já ter uma posição mais clara”, afirma.

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, admitiu que o cenário pode não ser o mesmo em todos os estados, já que há diferença na disseminação do coronavírus e também no posicionamento das autoridades. Caboclo fez questão de pontuar, durante a reunião, que o dia 17 de maio é uma sugestão e não uma determinação. A volta do futebol, com portões fechados, nos estaduais seria consequência do retorno aos treinos já no começo de maio. Assim, os clubes teriam condições de fazer uma intertemporada. Para a CBF, é importante o desenrolar dos estaduais para que se abra espaço no calendário para o Brasileirão e a Copa do Brasil. A volta dos torneios nacionais traz um quadro mais complexo, já que demandaria uma diminuição mais ampla do coronavírus no país, com liberação de voos e trânsito entre estados.

Segundo Luciano Hocsman, o intuito da FGF é decidir dentro de campo quem será o campeão do Gauchão respeitando o que é previsto no regulamento da competição. “Com o atual formato a única mudança possível é de uma data, fazendo somente um jogo na final. Na primeira reunião, abordei isso de maneira superficial, mas entendo que não teria por que, já que se trata de uma data. A gente tem tratado sempre com a possibilidade de se resolver e se decidir dentro do campo. E aí respeitando o que está previsto no regulamento, incluindo as vagas”.

Além desses pontos, Hocsman diz que um planejamento de restrição quanto ao número de pessoas envolvidas nas partidas de futebol foi repassado aos clubes e que uma conversa com a Associação de Cronistas Esportivos Gaúchos (ACEG) será realizada para auxiliar no trabalho da imprensa. “Nós conversamos com a empresa detentora dos direitos de transmissão, e eles estão fazendo um estudo técnico e financeiro para fazer todos jogos. Considero que seria algo interessante especialmente para o torcedor. Passamos aos clubes uma ideia de restrição do número de pessoas nos jogos. Quanto à imprensa, estamos conversando com a ACEG para viabilizar que a imprensa faça a cobertura das partidas”.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Futebol

Compartilhe esta notícia:

AFA anuncia encerramento da temporada no futebol argentino
“Entendemos que ainda não há uma segurança”, afirma diretor jurídico do Sindicatos dos Atletas sobre decisão por volta do futebol
Deixe seu comentário