O Inter empata em 0 a 0 com o Corinthians no Beira-Rio e permanece em oitavo lugar no Campeonato Brasileiro

Jogando diante de 36 mil torcedores no estádio Beira-Rio, o Inter empatou em 0 a 0 com o Corinthians na manhã deste domingo (11), Dia dos Pais, em partida válida pela décima quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse placar, o Colorado manteve a invencibilidade em casa no torneio, mas permanece em oitavo lugar, com 21 pontos.

O elenco do Saci deve descansar nesta segunda-feira, com reapresentação na terça, a fim de abrir os trabalhos de uma semana repleta de treinos, aproveitando a ausência de jogos até o sábado, quando enfrentará fora de casa o Fortaleza. A equipe sob o comando de Rogério Ceni é a décima-quinta colocada (15 pontos) na tabela.

No que se refere à Copa Libertadores da América, o primeiro duelo do Saci pelas quartas-de-final do torneio continental será disputado no dia 21 deste mês, contra o Flamengo no estádio Maracanã. O segundo confronto acontecerá uma semana depois, no dia 28, no Beira-Rio.

Já pela Copa do Brasil, o Inter fará somente no dia 4 de setembro o jogo de volta das semifinais contra o Cruzeiro, em Porto Alegre. No primeiro enfrentamento, o Colorado venceu na quarta-feira passada por 1 a 0, em Belo Horizonte (MG), com gol de Edenilson – que ainda sofreria lesão muscular na partida.

Escalações

Desfalcado dos volantes Edenilson e Rodrigo Dourado (ambos por lesão), o Inter do técnico Odair Hellmann escalou Marcelo Lomba, Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta, Uendel, Rithely (Nico Lopez), Nonato (Sarrafiore), Patrick, D’Alessandro, Rafael Sobis (Wellington Silva) e Paolo Guerrero.

Já o Corinthians (que continuou em sexto lugar, com 24 pontos), sob o comando de Fábio Carille, levou a campo Cássio, Michel, Manoel, Gil, Danilo Avelar, Gabriel, Júnior Urso, Pedrinho (Everaldo), Sornoza (Matheus Jesus), Clayson (Ramiro) e Vagner Love.

A partida

De modo geral, ao confronto foi truncado e com poucas chances claras de gol, muito por conta da atuação segura das defesas de ambas as equipes. Odair Hellmann bem que tentou dar um perfil mais ofensivo à sua equipe no segundo tempo: de três substituições, duas envolveram a troca de volantes por atacantes (Rithely  pelo uruguaio Nico Lopez e Nonato pelo argentino Sarrafiore). Mas o Dia dos Pais para os colorados foi mesmo de empate sem gols na avenida Padre Cacique.

“É difícil, eles são muito bem postados, muitas vezes não querem ganhar”, declarou o atacante colorado Rafael Sobis em entrevista aos repórteres quando deixava o gramado. “O Corinthians não foge muito a esse padrão, mas se o rival falhar, fazem o gol. O nosso time esteve bem, não corremos riscos. Tivemos algumas chances, é verdade, então poderíamos ter somado três pontos, o que seria bem melhor.”

O peruano Paolo Guerrero, seu colega de posição, também achou que os donos da casa tiveram as melhores oportunidades de estufar as redes. Ele comentou, ainda, a jogada do fim do segundo tempo em que acabou impedindo, de forma involuntária, um possível gol de Sarrafiore: “Não vi o Sarrafiore, pois o Sol atrapalhou e a bola veio muito atrás para mim. Quando percebi, ele já estava atrás, infelizmente não deu”.

(Marcello Campos)

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Inter empata em 0 a 0 contra Corinthians no Beira-Rio
Apesar da derrota para o Flamengo no Brasileirão, o técnico Renato Portaluppi elogiou a postura dos reservas do Grêmio
Deixe seu comentário