O Inter perdeu por 3 a 1 para o Flamengo no Brasileirão


Por: fabriciaalbuquerque,

No reencontro com o Flamengo após a eliminação na Libertadores, o Inter enfrentou o Rubro-Negro no Maracanã, diante de mais de 60 mil torcedores, na noite desta quarta-feira (25). Com dois jogadores expulsos, o Colorado acabou perdendo o jogo, válido pela 21ª rodada do Brasileirão, por 3 a 1.

Gabigol, Arrascaeta e Bruno Henrique marcaram para o Flamengo, e Edenilson anotou para o time gaúcho.

A partida iniciou com o anfitrião trocando muitos passes e buscando pressionar o Colorado, que marcava bem. Aos 10 minutos de jogo, a posse de bola dos donos da casa era de 62%. Logo aos 11, Odair Hellmann teve que mexer no time pela primeira vez. Rodrigo Moledo sentiu dores na coxa esquerda, e Klaus entrou em seu lugar.

A situação colorada se agravou quando Gabigol quase marcou para os donos da casa. No lance, o atleta invadiu a área e chegou a passar por Marcelo Lomba, mas o árbitro viu um puxão de Bruno e assinalou o pênalti. O atleta colorado foi expulso, e Hellmann precisou trocar mais uma vez. Foi a segunda substituição em menos de 20 minutos de jogo. Saiu Nico López para a entrada de Zeca.

Gabigol fez a cobrança e abriu o placar para o Rubro-Negro no Maracanã.

O Flamengo seguia pressionando o Colorado que, com um jogador a menos, tinha muita dificuldade para encaixar um contra-ataque.

Aos 43 de bola rolando, mais uma baixa no time gaúcho. Em uma disputa pelo ar entre Rodrigo Caio e Paolo Guerrero, os dois se chocaram de cabeça. Pior para o peruano, que sofreu um corte no supercílio, reclamou com o árbitro e acabou levando o cartão vermelho. Na saída de campo, o atleta fez um gesto obsceno em direção a um fotógrafo que estava na beira do campo.

Com nove em campo, o Inter buscou o empate logo no início da segunda etapa. Aos 3 minutos, após vacilo da defesa do time da casa, o volante Edenilson pegou de primeira da entrada da área e chutou, empatando a partida, para delírio da torcida colorada presente no estádio.

Porém, aos 10 minutos, o Flamengo voltou a ficar na frente. Depois de um cruzamento de Rafinha, o uruguaio Arrascaeta subiu entre Klaus e Zeca e mandou de cabeça para o fundo da rede.

Depois do segundo gol, só deu Rubro-Negro na partida. O time comandado por Jorge Jesus tentava de todas as formas, mas sem sucesso. Aos 23, saiu Arão para a entrada de Reinier. Odair fez a sua última troca: tirou Nonato e chamou Guilherme Parede.

Com a pressão dos donos da casa, não demorou para o terceiro gol chegar. Aos 29, com assistência de Arrascaeta, o atacante Bruno Henrique só empurrou para a rede. O Colorado ainda perdeu uma grande chance de diminuir a diferença. Lindoso perdeu duas vezes na frente do gol de Diego Alves.

Jorge Jesus ainda fez mais duas trocas. Colocou Vitinho no lugar de Arrascaeta e tirou Gabigol para colocar Berrío.

Com o resultado, o Flamengo se firmou na liderança do Brasileiro, com 48 pontos. O Inter segue na 4ª colocação, com 36.

O próximo jogo do Inter pela competição nacional é contra o Palmeira, vice-líder, no domingo (29), às 16h, no Beira-Rio.

Ficha técnica

Flamengo: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí, Filipe Luís, Willian Arão (Reinier), Gerson, Arrascaeta (Vitinho), Everton Ribeiro, Gabriel (Berrío) e Bruno Henrique. Técnico: Jorge Jesus.

Internacional: Marcelo Lomba, Bruno, Rodrigo Moledo (Klaus), Víctor Cuesta, Uendel, Rodrigo Lindoso, Edenilson, Nonato (Guilherme Parede), Patrick e Nico López (Zeca). Técnico: Odair Hellmann.

Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa.

VAR (árbitro de vídeo): Emerson de Almeida Ferreira.

Comentários

>