• Ouça a Rádio Grenal

O Inter e o Ypiranga empataram em 0 a 0 neste sábado pelo Gauchão

O Inter enfrentou, no início da noite deste sábado (1°), no Colosso da Lagoa, o Ypiranga, em partida da 4ª rodada do Campeonato Gaúcho. O confronto terminou empatado em 0 a 0. Repleto de jovens do Celeiro de Ases, o Colorado chega, com o resultado, aos 10 pontos no estadual, seguindo invicto na competição, na liderança do Grupo A e classificado às semifinais do torneio.

A etapa inicial viveu dois momentos distintos. Em seus instantes iniciais, o ritmo intenso ditou regra, com as duas equipes obtendo suas escapadas. Neste cenário, quem se destacou foi o Inter que, mesmo com uma equipe distinta daquela que vinha atuando, repleta de jovens da base e atletas contratados neste início de 2020, incluindo Boschilia, que fez sua estreia, encurralou os mandantes e criou, com Marcos Guilherme, Thiago Galhardo e Nonato, oportunidades extremamente perigosas.

O Ypiranga também assustou, apostando nos pontas Jean Silva e Leilson. Superado o primeiro terço de partida, a velocidade do jogo foi diminuída e, por consequência, a igualdade sem gols, mantida.

De sua parte, o segundo tempo seguiu ritmo parecido ao do encerramento da etapa inicial, muito por conta da atuação da arbitragem, excessivamente criteriosa nas marcações que acabaram amarrando a partida. Às seguidas paralisações somou-se o natural desentrosamento da equipe colorada, que seguiu melhor em campo, mas não o bastante para abrir o placar. Desta forma, encerrada o embate, o placar indicava o mesmo escore do apito inicial.

O Inter volta a campo na próxima terça-feira (4), às 19h15min, quando visita a Universidad de Chile. Marcado para o Estádio Nacional, em Santiago, capital chilena, o confronto abre a segunda fase preliminar da Libertadores da América.

Ficha técnica

Ypiranga: Deivity; Muriel, Saimon, Diogo Silva e Ávila; Schwarzer, Clayton e Zotti (Pedrinho); Jean Silva, Leilson (Tárik) e Neto (Fernandinho). Técnico: Paulo H. Marques.

Internacional: Marcelo Lomba; Heitor, Pedro Henrique, Zé Gabriel e Uendel; Johnny, Marcos Guilherme (Netto), Nonato e Boschilia (Guilherme Pato); Sarrafiore (Praxedes) e Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet.

Cartões amarelos: Heitor, Praxedes e Boschilia (I). Saimon (Y).

Arbitragem: Eder Davi Zanella, auxiliado por Michel Stanislau e Claiton Timm. Quarto árbitro: Jonathan Giovanella Vivian.

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Inter termina empréstimo com Wellington Silva, que retorna ao Fluminense
Inter monitora situação de conflitos no Chile antes de estreia na Libertadores
Deixe seu comentário