O Grêmio renovou o contrato com o atacante Everton até 2022 e o volante Jaílson vai para a Turquia

Na tarde dessa quarta-feira, o site oficial do Grêmio anunciou a renovação de contrato do atacante Everton, um dos principais nomes da equipe sob o comando do técnico Renato Portaluppi nesta temporada. O atleta de 22 anos estendeu o seu vínculo com o Tricolor gaúcho até o final de 2022, ampliando o prazo original de 2020.

Também conhecido pelo carinhoso apelido de “Cebolinha” (em alusão ao famoso personagem infantil da Turma da Mônica), o jogador cearense veio das categorias de base do clube, onde chegou em 2012 para o elenco Sub-17. As suas atuações o promoveram aos profissionais em 2014 e, desde então, já são 191 partidas, com 43 gols (15 deles nesta temporada). Recentemente, veio também a sua primeira convocação para a Seleção Brasileira do técnico Tite.

A última vez em que o jogador (cujo nome completo é Everton Souza Soares) estufou a rede adversária foi na noite de terça-feira, na Arena, na vitória sobre o Estudiantes (Argentina) pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores da América. Além de abrir o placar de 2 a 1 para o Mosqueteiro, o atacante fez a sua parte nos pênaltis que levaram o clube a avançar na competição.

Jaílson

Outro titular gremista de 22 anos, o volante Jaílson está deixando o Grêmio rumo ao futebol estrangeiro. Por aproximadamente 4 milhões de euros, ele foi o nome escolhido pelo Fenerbahce (Turquia) para substituir o ex-gremista Souza – que na semana passada aceitou uma proposta do Al Ahli (Arábia Saudita).

Titular nos últimos confrontos que deram ao Tricolor o tri da Libertadores no ano passado, Jaílson voltou a ser titular de Renato Portaluppi nas rodadas mais recentes da equipe. Ele entrou no grupo principal em 2016, sob a batuta do técnico Roger Machado. De lá para cá, esteve em 114 jogos e assinou quatro gols.

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

O Inter teve mais um dia de trabalho intenso e o atacante Leandro Damião já treina com os colegas
De olho no duelo contra o Cruzeiro, o Inter voltou a treinar com portões fechados no estádio Beira-Rio
Deixe seu comentário