“Nosso presidente está muito junto”, declara Falcão em coletiva após Empate com o Fluminense


Por: Kalleb França, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal

O empate amargo com o Fluminense deixa o ambiente mais pesado pelos lados do colorado. Com a expulsão, o técnico Paulo Roberto Falcão, fica automaticamente fora da próxima partida fora de casa contra a Chapecoense na abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

A fala do treinador, por vezes tensa e em postura defensiva, mostra como a pressão vivida dentro do clube tem afetado até mesmo os mais experientes. Entre outras coisas, Falcão lembrou dos momentos em que viveu na Itália como jogador, e disse que está acostumado a este tipo de pressão, e que tem visto em seus atletas uma postura parecida com a dele quando era atleta.

Sem muitas explicações, assim como as outras entrevistas da noite, de Pedro Affatato e Paulão, o treinador deu fim a entrevista sem culpar ninguém e colocando o presidente como alguém que está participativo dentro do vestiário. Sem mudanças no departamento de futebol, pelo menos anunciadas na noite de hoje, o Internacional deve ter algum nome anunciado na sua diretoria de futebol ainda amanhã.

Ouça a entrevista completa:

Comentários