“Não podemos impedir que outro atleta tenha caxumba”, afirma João Gabbardo


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

O grupo do Grêmio apresentou nas últimas semanas uma sequência de jogadores infectados com a caxumba. Depois de perder Ramiro pela doença o Tricolor segue preocupado com a situação.

De acordo com o Secretário de Saúde do Estado, João Gabbardo, em entrevista ao programa Contra-Ataque da Rádio Grenal, admite não ser mais possível garantir que outros jogadores não venham a contrair a doença, tradicionalmente vista em crianças. Vale salientar que a ideia do Grêmio era vacinar os jogadores após a viagem ao Equador.

Contudo, o secretário garante que atletas com menos 19 anos não devem contrair a doença. “A grande maioria desses jovens jogadores se vacinou, então dificilmente contrairá a doença”, admite João Gabbardo.

Por fim, o secretário de saúde volta a relembrar que a transmissão da doença se dá por meio do contato com as secreções das vias respiratórias, ou seja, saliva, espirros ou uso de mesmos talheres. O departamento médico do Grêmio não descarta a perda de, pelo menos, mais dois jogadores.

Comentários