Na Libertadores, o Grêmio venceu o Libertad por 2 a 0 e está mais perto da classificação às oitavas de final

O Grêmio chegou embalado após conquistar o Campeonato Gaúcho na última quarta (17). A equipe de Renato Portaluppi venceu o Libertad, do Paraguai, fora de casa pelo placar de 2 a 0, com gols de Everton. Com o resultado, o Grêmio só depende de si e precisa torcer para a Católica perder amanhã para depender apenas de um empate no próximo jogo, que é justamente contra o time chileno.

A equipe que enfrentou o Inter nas duas partidas da final do Gauchão foi mantida. Os únicos desfalques foram os zagueiros Paulo Miranda, que se recupera de lesão muscular, e Marcelo Oliveira, o qual rompeu os ligamentos do joelho direito.

O Libertad iniciou a partida com um time mais defensivo. O Grêmio, por sua vez, começou trocando muitos passes e tentando atacar. As chances aconteciam principalmente pelo lado esquerdo, com cruzamentos de Cortez ou com tentativas de Everton. Até os dez minutos, o Tricolor que propôs jogo. O time paraguaio buscava reagir pelo contra-ataque.

O Grêmio mandava no jogo, O Libertad estava totalmente recuado. A primeira boa tentativa foi aos 11 minutos, mas faltava intensidade na finalização. Cortez pecava no cruzamento, não tinha qualidade técnica.

Até os 20 minutos, nenhuma finalização perigosa havia acontecido por parte dos dois times. O Grêmio tinha a posse de bola, mas a dificuldade era chegar na área, somava dois escanteios apenas. O time paraguaio esperava e buscava explorar os erros gremistas.

A boa tentativa dos gaúchos veio aos 25 pelo lado direito. Após boa triangulação do Grêmio pelo lado direito, Leonardo Gomes recebeu na área, após o pivô de André, e cruzou na medida para Everton, mas o camisa 11 mandou de voleio para fora.

Cebolinha tentou e depois conseguiu! Aos 29, uma jogadaça coletiva do Grêmio. André fez a parede, Alisson deu a assistência e Everton marcou. Ele limpou três ao mesmo tempo, incluindo o goleiro, e bateu com categoria para abrir o placar para o Tricolor no Paraguai.

O time gaúcho continuou atacando. Aos 31 minutos, Jean Pyerre finalizou para boa defesa do goleiro do Libertad. Logo após a tentativa, novamente Everton finalizou no contrapé do goleiro, mas Martín Silva novamente defendeu.

Aos 37, o Libertad foi quem levou perigo ao gol. Oscar Cardozo cobrou falta com categoria, mas a bola foi por cima da meta de Paulo Victor.

Durante o final do primeiro tempo, Matheus Henrique levou amarelo e está fora do jogo da última rodada contra o Universidad Católica.

O Grêmio iniciou o segundo tempo com troca. Maicon saiu para a entrada de Michel, mas nada mudou. A partida continuou como no primeiro tempo, o Tricolor com a posse de bola e o time paraguaio esperando para buscar o contra-ataque. Outra característica que permaneceu foi a de poucas finalizações a gol.

O ponteiro marcava 25 minutos, o Grêmio somava 63% de posse de bola e apenas três chutes a gol durante todo o jogo. Mas a melhor chance da partida veio. Jean Pyerre enfileirou a defesa adversária, invadiu a área e tentou por cobertura, mas Martin Silva desvia com a ponta dos dedos e ainda vê a bola carimbar o travessão.

Renato Portaluppi resolveu trocar sua equipe aos 28. Tardelli entrou no lugar de André. A partir daí as finalizações começaram a acontecer. Após ataque do Libertad defendido por Paulo Victor, quem teve outra chance foi Tardelli, que chutou mas o goleiro adversário defendeu.

O técnico gremista continuou fazendo trocas no ataque. Pepê entrou para a saída de Alisson. O Grêmio perdeu um pouco a posse de bola, Paulo Victor continuava se destacando, fazendo boas defesas com as chegadas do time adversário. O Libertad entrou tabelando na área gremista e Cardozo deixou Recalde livre na pequena área. O camisa 10 finalizou de primeira, mas Paulo Victor abafa e protagonizou espetacular defesa.

Logo após o susto, novamente ele: Everton marcou. Após Pepê puxar o contra-ataque e encontrar o Cebolinha na direita, ele carregou para o centro, dividiu com o marcador e, na cara do goleiro, encheu o pé para estufar as redes.

Mesmo com o bom resultado, o tricolor continuou atacando. Aos 45, a equipe gaúcha ainda teve um gol mal anulado. Sem chances para o Libertad, o Grêmio conseguiu a vitória fora de casa e segue vivo na Copa Libertadores da América. (Bárbara Assmann)

Ficha técnica

Libertad: M. Silva, I. Piris, L. Cardozo, J. Canale, M. Espinoza, A. Mejía, A. Lucena (Recalde), C. Riveros (A. Benítez), A. Bareiro, E. Benítez (Martínez), e O. Cardozo. Técnico: José Chamot.

Grêmio: Paulo Victor, Geromel, Kannemann, Cortez, Leonardo, Matheus Henrique, Maicon (Michel), Jean Pyerre, Alisson (Pepê), Everton e André (Diego Tardelli). Técnico: Renato Portaluppi.

Arbitragem: Alexis Herrera (VEN), auxiliado por Jorge Urrego (VEN) e Tulio Moreno (VEN).

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Para se manter vivo na Libertadores, Grêmio encara o Libertad; confira a provável escalação
Everton faz dois, Grêmio vence fora de casa e segue vivo na Libertadores
Deixe seu comentário