Morre Antônio Carlos Verardi, superintendente e ídolo Tricolor

Na madrugada desta quarta-feira (24), Antônio Carlos Verardi, superintendente do Grêmio e ídolo da torcida tricolor, faleceu aos 84 anos. Verardi trabalhava no clube desde 1966. Em entrevista para a Rádio Grenal, Romildo Bolzan, presidente do Grêmio, lamentou a morte de Verardi e frisou que ele era “um sujeito afável, uma pessoa amiga, uma pessoa leal”, além de ter uma relação “ímpar” com os jogadores. “É uma perda lamentável para o Grêmio, porque representa uma história importante de todo seu conteúdo cultural, histórico e futebolístico”, disse o presidente.

“Seu Verardi”, como era chamado, será velado no saguão do portão A da Arena do Grêmio, às 14h.

O Twitter oficial do clube lamentou a morte do funcionário mais antigo:

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Fora dos planos do Palmeiras, lateral Fabiano volta a despertar interesse do Inter
Não é só futebol: peruano que torce pelo Inter aprende português e assiste confronto do time pela primeira vez
Deixe seu comentário